Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

23ª Rally dos Sertões terminará na usina de Itaipu, em agosto Prova passará por Foz do Iguaçu no dia 08

Prova passará por Foz do Iguaçu no dia 08


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

A usina de Itaipu receberá, no dia 8 de agosto, a chegada simbólica da 23ª edição do Rally dos Sertões – o maior rali do mundo disputado dentro de um único país e a principal competição do gênero no Brasil. A corrida começa no dia 1º de agosto, em Goiânia (GO), e termina em Foz do Iguaçu (PR), após sete etapas cronometradas e oito dias de provas. 

A última tomada de tempo, entre Umuarama (PR) e a Terra das Cataratas, vai definir os campões de todas as categorias. Logo em seguida, pilotos, navegadores e equipes se deslocarão até a hidrelétrica, onde serão recebidos em uma rampa, montada especialmente para a celebração da conclusão de mais um Rally dos Sertões. 

Serão 2.917 quilômetros de percurso no total, sendo 1.487 em trechos cronometrados, em quatro categorias: Motos, Quadriciclos, Carros e UTVs (espécie de buggy). O evento reunirá 183 competidores. 

Trechos – A competição começa no Autódromo Internacional de Goiânia, no dia 1º de agosto, com o prólogo – tomada de tempo em uma pista de terra, que define a ordem de largada para a primeira etapa do rali. No dia 2, a etapa inicial, entre Goiânia e Rio Verde (GO), terá um trecho cronometrado de 205 quilômetros (o total, com os deslocamentos, será de 357 km).

A segunda etapa, no dia 3 de agosto, com saída de Rio Verde com destino a Itumbiara (GO), terá um deslocamento inicial de 20 km, trecho cronometrado de 156 km e deslocamento final de 150 km, num total de 326 km percorridos.

A terceira etapa, no dia 4 de agosto, parte de Itumbiara e segue para São Simão (GO). O deslocamento inicial é de 143 km, com trecho cronometrado de 294 km e deslocamento final de 65 km, num total de 503 km percorridos ao dia.

Já a quarta etapa, de São Simão (GO) a Três Lagoas (MS), o deslocamento inicial é de 154 km, com trecho cronometrado de 232 km, deslocamento final de 40 km e um total de 427 km percorridos.

A quinta etapa, a de maratona (na qual os pilotos não podem receber o auxílio da equipe de apoio), sai de Três Lagoas e segue até Euclides da Cunha Paulista (SP), com deslocamento inicial de 142 km, trecho cronometrado de 290 km, deslocamento final de 154 km e um total percorrido no dia de 587 km.

A sexta etapa, no dia 7 de agosto, tem saída de Euclides da Cunha Paulista com destino a Umuarama (PR). O deslocamento inicial é de 27 km, com trecho cronometrado de 199 km e deslocamento final de 90 km. O total percorrido previsto é de 316 km.

Já em território paranaense, no dia 8 de agosto, a expedição sai de Umuarama com destino a Foz do Iguaçu. O deslocamento inicial é de 199 km, com trecho cronometrado de 111 km, deslocamento final de 30 km e um total de 340 km percorridos.

Competidores de renome – Nas Motos, 39 pilotos, representando as principais marcas, vão encarar a disputa nas seguintes categorias: Super Production, Production Aberta, Marathon, Over 45 e CRF 230cc. Destaque para grandes nomes do motociclismo nacional, como Jean Azevedo (Honda), pentacampeão do Rally dos Sertões. Na briga pelo título da principal categoria estão também Gregório Caselani (Kawasaki), Dário Júlio (Honda), Ramon Sacilotti (Kawasaki), Tiago Fantozzi (KTM), André Assumpção (KTM), Marcos Finato (KTM). Além dos brasileiros, dois estrangeiros estão na modalidade: o francês Adrien Metge (Honda) e o argentino Carlos Ponthoz (BMW). 

Entre os Quadriciclos, seis competidores desbravarão as trilhas rumo ao Sul do País. Um deles é Marcelo Medeiros, de protótipo, que busca o bicampeonato do Rally dos Sertões. Geison Belmont (BRP), Helio de Carvalho Filho (Yamaha), Italo Santiago (Yamaha), Pedro Costa (Polaris) e o uruguaio Roberto Licio (Yamaha) também partem para o desafio. Modalidade que mais cresce no rali, os UTVs mais uma vez têm recorde de inscritos. 

Em 2014 foram 23 veículos e, neste ano, o número subiu para 30. Com isso, a disputa deverá ser muito mais acirrada nas duas categorias: Super Production e Turbo. Atuais campeões, Vinícius Mota e Rafael Shimuk (Can-Am) vêm com tudo em busca de mais uma vitória. 

Nos Carros, 39 duplas partirão para mais um Rally dos Sertões, divididos em sete categorias: T1-FIA, Protótipos T1, Pró Brasil, Protótipos T3, Super Production, Production T2, Production T2/TR4. Entre os favoritos para levar o título estão Guilherme Spinelli e Youssef Haddad (Mitsubishi), Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin (Toyota), Marcos Baumgart e Kleber Cincea (Ford), Cristian Baumgart e Beco Andreotti (Ford). 

O Rally dos Sertões 2015 tem patrocínio da Mitsubishi, Honda, Outback Steakhouse e Caixa Econômica Federal. Apoio do Governo de Goiás, Detran-GO, Secretaria de Esportes e Turismo do Paraná, Itaipu, Copel Sanepar e Balada Responsável. 

A supervisão é da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). A realização é da Dunas Race.

 

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz