contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

6 razões para NÃO aumentar o número de vereadores em Foz Votação acontece nesta terça-feira, 01º a partir das 17h na Câmara Municipal

Votação acontece nesta terça-feira, 01º a partir das 17h na Câmara Municipal


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Na última sessão ordinária do mês de novembro, 17, o Legislativo de Foz do Iguaçu aprovou por 11 votos a 3, o projeto de Dilto Vitorassi, sobre o aumento no número de representantes na Câmara Municipal a partir de 2017. De acordo com o PL, a cidade passaria de 15 para 19 vereadores. Para justificar o acréscimo, 15 cargos comissionados entre assessorias e diretorias seriam extintos, o que de acordo com o vereador, realizaria uma economia de cerca de R$1,3 milhão por ano. 

Votaram a favor do projeto: Dilto Vitorassi, Fernando Duso, Paulo Rocha, Hermogenes de Oliveira, Marino Garcia, Rudinei de Moura, Beni Rodrigues, Zé Carlos, Coquinho, Darci DRM e Edílio Dall’Agnol.

Votaram contra o projeto: Luiz Queiroga, Gessani da Silva e Anice Gazaoui;

O vereador Nilton Bobato estava em viagem oficial e, por isso, não participou da votação.

Nesta terça-feira, 01º, o projeto voltará à Câmara para ser votado em 2ª discussão. A sessão ordinária começa às 17h. Separamos alguns motivos para que ele não seja aprovado, confira:

1 – O jornal Gazeta do Iguaçu desta terça-feira, 01º, estampou na capa uma pesquisa realizada pelo Instituto Konsultta, onde 94% dos iguaçuenses dizem NÃO ao aumento de vereadores; A pesquisa ouviu 800 pessoas em várias regiões da cidade; 

2 – Em 2014, o próprio Dilto Vitorassi era CONTRA o aumento em Foz. Na época, o projeto previa 21 representantes na Câmara;

3 – No último dia 25, entidades como a Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (ACIFI), a Ordem dos Advogados (OAB) e o Observatório Social (OSFI), encaminharam um ofício ao autor do projeto pedindo a retirada do mesmo; Leia aqui

4 – Ontem, 30 de novembro, vários comerciantes da Avenida Brasil fecharam as portas por uma hora, em protesto ao aumento;

5 – Cada habitante de Foz paga R$ 96,53 para a Câmara de Vereadores anualmente. Londrina, por exemplo, gasta R$ 57,66;

6 – Em uma discussão nas redes sociais, o próprio vereador disse que irá retirar o projeto nesta terça-feira, 01º. Será?

Para descobrir a resposta, compareça hoje às 17h na Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu.

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz