contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

6 razões para NÃO aumentar o número de vereadores em Foz Votação acontece nesta terça-feira, 01º a partir das 17h na Câmara Municipal

Votação acontece nesta terça-feira, 01º a partir das 17h na Câmara Municipal


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Na última sessão ordinária do mês de novembro, 17, o Legislativo de Foz do Iguaçu aprovou por 11 votos a 3, o projeto de Dilto Vitorassi, sobre o aumento no número de representantes na Câmara Municipal a partir de 2017. De acordo com o PL, a cidade passaria de 15 para 19 vereadores. Para justificar o acréscimo, 15 cargos comissionados entre assessorias e diretorias seriam extintos, o que de acordo com o vereador, realizaria uma economia de cerca de R$1,3 milhão por ano. 

Votaram a favor do projeto: Dilto Vitorassi, Fernando Duso, Paulo Rocha, Hermogenes de Oliveira, Marino Garcia, Rudinei de Moura, Beni Rodrigues, Zé Carlos, Coquinho, Darci DRM e Edílio Dall’Agnol.

Votaram contra o projeto: Luiz Queiroga, Gessani da Silva e Anice Gazaoui;

O vereador Nilton Bobato estava em viagem oficial e, por isso, não participou da votação.

Nesta terça-feira, 01º, o projeto voltará à Câmara para ser votado em 2ª discussão. A sessão ordinária começa às 17h. Separamos alguns motivos para que ele não seja aprovado, confira:

1 – O jornal Gazeta do Iguaçu desta terça-feira, 01º, estampou na capa uma pesquisa realizada pelo Instituto Konsultta, onde 94% dos iguaçuenses dizem NÃO ao aumento de vereadores; A pesquisa ouviu 800 pessoas em várias regiões da cidade; 

2 – Em 2014, o próprio Dilto Vitorassi era CONTRA o aumento em Foz. Na época, o projeto previa 21 representantes na Câmara;

3 – No último dia 25, entidades como a Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (ACIFI), a Ordem dos Advogados (OAB) e o Observatório Social (OSFI), encaminharam um ofício ao autor do projeto pedindo a retirada do mesmo; Leia aqui

4 – Ontem, 30 de novembro, vários comerciantes da Avenida Brasil fecharam as portas por uma hora, em protesto ao aumento;

5 – Cada habitante de Foz paga R$ 96,53 para a Câmara de Vereadores anualmente. Londrina, por exemplo, gasta R$ 57,66;

6 – Em uma discussão nas redes sociais, o próprio vereador disse que irá retirar o projeto nesta terça-feira, 01º. Será?

Para descobrir a resposta, compareça hoje às 17h na Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz