contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

"A ideia é fortalecer muito a base", diz secretário de Esportes de Foz do Iguaçu, Anderson Andrade Ex-atleta de futsal e atual secretário municipal concedeu entrevista exclusiva ao Portal de Notícias Clickfoz

Ex-atleta de futsal e atual secretário municipal concedeu entrevista exclusiva ao Portal de Notícias Clickfoz


Por:

Publicado em:

 

Fotos: Bruno Zanette / Clickfoz
Secretário de Esportes de Foz, Anderson Andrade, é ex-jogador de futsal e ídolo da torcida

O ex-jogador de futsal e ídolo da torcida iguaçuense, Anderson Andrade, agora pretende obter bons resultados em outro ramo do esporte, a Secretaria Municipal. E logo em sua primeira semana de trabalho, ele já adianta que uma das prioridades é com as categorias de base.

“Estou focado nas necessidades da cidade, darei prioridade aos projetos de base e trabalhos sociais, para que possamos voltar a ser formadores de atletas, pois sabemos que a cidade é um grande celeiro de atletas em todas as modalidades, mas logicamente sem esquecer do esporte de alto rendimento, que sirva de exemplo para esses jovens e crianças que estão começando agora no esporte e pra mim foi uma alegria muito grande para poder contribuir de alguma forma com isso”, explicou o secretário, em entrevista ao Portal de Notícias Clickfoz.

A primeira novidade, é que Foz do Iguaçu voltará a ser representada na Superliga Masculina de Vôlei, mas desta vez na chave B. O torneio acontece de 18 de janeiro a 24 de março, e Foz do Iguaçu está no grupo B, ao lado de São Caetano (SP), São José dos Campos (SP) e Olympico Mart Minas (MG). Cada rodada será disputada em uma das cidades do grupo, com todos jogando contra todos, classificando os dois primeiros de cada grupo para as semifinais.

 
Pretende-se criar na Secretaria de Esportes uma metodologia de trabalho nas bases do município. “A ideia é fortalecer muito a base, logicamente que dando suporte para os treinadores, professores, monitores, desde a questão de material esportivo, logística, a capacitação dos professores, seguindo uma metodologia de trabalho. Não é para cada professor ou monitor seguir ao seu modo. Se tivermos uma metodologia, sem dúvida vamos revelar muitos atletas”, projeta Andrade.
 
Futsal – Em relação ao esporte de maior tradição em Foz do Iguaçu, segue a dúvida se a cidade terá um ou dois times na Série Ouro. A Unipa – que passará a se chamar Foz Cataratas Futsal – permaneceu na elite do salonismo estadual e poderá ter a companhia do Foz Futsal, que foi finalista da Série Prata. No entanto, o secretário de Esportes já se mostrou contrário a ter dois times, pois segundo ele, a cidade não comporta orçamento para tanto. “Sei que na parte administrativa se torna inviável você ter duas equipes. Foz do Iguaçu não comporta duas equipes. Divide patrocinador, divide torcedor, é uma situação constrangedora para o jogador dentro de quadra e eu estou tentando de todos os modos fazer essa união, para que possamos ter uma equipe forte”, argumentou. Andrade ainda foi enfático: “(…) se houver duas equipes representando a cidade na Série Ouro, a Secretaria de Esportes não vai poder ajudar nenhuma das equipes, até porque na questão financeira e no orçamento, não teremos condições de ajudar”, concluiu.

Fundação de Esportes –
Existe a possibilidade de Foz do Iguaçu voltar a ter uma Fundação de Esportes, como ocorreu no final dos anos 90 e começo dos anos 2000. “Particularmente eu sonho com isso [o retorno da Fundação de Esportes]. Pois aí teríamos vida própria. Não ficaríamos dependendo única e exclusivamente da prefeitura na busca de recursos, poderíamos criar uma Lei de Incentivo Fiscal ao Esporte, dentro da Fundação de Esportes, pela Câmara de Vereadores, para podermos buscar recursos através das empresas, onde aportaria muito para o esporte em Foz do Iguaçu”, disse.
 
Eventos esportivos – Por fim, o secretário lembrou da importância de a cidade sediar grandes eventos esportivos, desde que se deixe um legado para a população. “A questão de eventos, logicamente que é muito importante sempre, desde que deixe um legado para a nossa cidade. Por exemplo, o basquete esteve aqui em Foz em duas oportunidades, foi bastante interessante para o turismo da cidade, mas acho que poderia ter deixado um legado, principalmente no trabalho de base, o futsal também, seja a modalidade que for”. Vale lembrar que pelos próximos três anos (2013, 2014 e 2015) Foz do Iguaçu vai receber uma etapa do X-Games, principal evento de esportes radicais do planeta.
 

 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz