contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Achocolatado é alvo de fiscalização em Foz do Iguaçu Determinação da Anvisa interditou lote da bebida láctea Itambezinho após, morte de uma criança em Mato Grosso

Determinação da Anvisa interditou lote da bebida láctea Itambezinho após, morte de uma criança em Mato Grosso


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

A Divisão de Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal da Saúde (SMSA) realiza nesta terça-feira, 30, uma verificação em supermercados e comércios de alimentos de Foz do Iguaçu. O alvo é um lote específico da bebida láctea sabor chocolate Itambezinho, interditado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na semana passada. A ação é motivada pela morte suspeita de uma criança na quinta-feira, 25, em Cuiabá (MT). O menino de apenas dois anos faleceu uma hora após ingerir o produto. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica).

A mãe e um tio do garoto também teriam sentindo náuseas e tontura. Peritos recolheram amostras para análise, mas por medida de segurança a Anvisa publicou a Resolução 2.333 determinando a interdição cautelar em todo o território nacional do lote 21:18 (val.: 21/11/2016) do produto Bebida Láctea UHT Sabor Chocolate, 200ml, da marca Itambezinho, fabricado  por Itambé Alimentos S/A, de Minas Gerais (MG). A Rede Alerta e Comunicação de Riscos de Alimentos (Reali) também expediu comunicado, destacando que a resolução tem caráter preventivo e solicitando medidas de fiscalização por parte das Vigilâncias Sanitárias regionais e municipais.

Em Foz do Iguaçu, a fiscalização será desencadeada nos grandes mercados, que concentram população maior de clientes. "Não não há informações sobre a distribuição do lote suspeito e por isso é necessária a vistoria", afirmou o diretor de Vigilância em Saúde, Geovar Correa. "Os consumidores devem ficar atentos ao lote interditado, verificando o rótulo do produto antes de consumi-lo", orientou a secretária municipal da Saúde, Alice Macedo da Silva. Comerciantes também podem contribuir, antecipando a fiscalização e retirando os produtos especificados das prateleiras.

Em nota divulgada pela imprensa em Mato Grosso, a  Itambé afirmou que realiza regularmente provas internas e em laboratórios externos de seus produtos e que tem compromisso com a qualidade. A empresa disse que disponibilizou contraprovas para os órgãos oficiais e continuará trabalhando em conjunto para outros esclarecimentos que se fizerem necessários.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz