Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

ACIFI pede esclarecimento quanto a transações internacionais com reais A ACIFI busca obter com o BC a regulamentação dos pagamentos para transações com o Paraguai

A ACIFI busca obter com o BC a regulamentação dos pagamentos para transações com o Paraguai


Por:

Publicado em:

O diretor de Comércio Exterior da ACIFI, Mário Alberto de Camargo irá protocolar na próxima terça-feira (21), em Curitiba, um ofício junto ao Banco Central, para solicitar informações sobre procedimentos para recebimentos e pagamentos em reais nas transações de exportações e importações em Reais. Segundo Mário Camargo, mesmo após uma consulta anterior à Receita Federal do Brasil, ainda restaram dúvidas sobre essa operacionalização.

“No sentido de defender interesses de nossos associados, representados pelos segmentos de exportação e importação, e por entendermos ser uma manifestação pertinente pois trata de uma matéria cuja aplicabilidade de seus procedimentos não está clara, recorremos ao Banco Central na busca por informações mais objetivas quanto a como se concluir operações de exportação e importação em Reais, especialmente no que concerne aos recebimentos e pagamentos destas, e no qual o mecanismo do SML/Sistema de Pagamento em Moeda Local não está contemplado com um país envolvido nas respectivas negociações, o Paraguai”, justifica o diretor.

O pedido de esclarecimento é justificado pelos seguintes fatos, conforme o diretor. De acordo com a Portaria SECEX (Secretaria de Comércio Exterior) nº 10, de 2007, o Registro de Exportação no SISCOMEX podem ser emitidos para pagamento em moeda nacional, por qualquer empresa independente de destino ou produto. Essa determinação é acentuada na Resolução nº 12, também de 2007, entre outras normativas. Ocorre que, as disposições contidas no Regulamento do Mercado de Câmbio e Capitais Internacionais (RMCCI), atualização 35, em vigor desde outubro deste ano, exige que os pagamentos e recebimentos sejam efetuados através de transferência bancária.

“O problema é que os bancos no Paraguai não fazem transações cambiais em reais para recebimento ou pagamento dessas operações de exportação, nem mesmo a agência do Banco do Brasil situada no vizinho país”, revelou. Com isso, algumas vezes, o importador se vê obrigado a cruzar a Ponte da Amizade, trazendo dinheiro em espécie, para honrar os pagamentos, uma ação que além de insegura é ilegal.

“A princípio, buscaremos orientações do Banco Central sobre esse impasse que incide, mais particularmente com o Paraguai, visto que na Argentina, com base no Sistema de Pagamento em Moeda Local, firmado entre os dois países, as instituições financeiras, fazem a conversão e operacionalização das transações na nossa moeda, o real. A partir da resposta a esse questionamento, vamos analisar a necessidade de iniciarmos uma mobilização junto aos órgãos federais do Brasil e do Paraguai, para que criem mecanismos que atendam a essa necessidade daqueles que atuam no comércio exterior”, finalizou Camargo.

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz