contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Saúde em Foz do Iguaçu

Ações contra o Aedes aegypti reduzem notificações de dengue em Foz Prefeitura, CCZ e Governo do Estado trabalham em conjunto no combate à proliferação do mosquito

Prefeitura, CCZ e Governo do Estado trabalham em conjunto no combate à proliferação do mosquito


Por: Assessoria

Publicado em:

fumace

Desde o início de janeiro deste ano as equipes do Centro de Controle de Zoonoses – CCZ estão trabalhando de forma intensificada na vistoria dos imóveis para conversar com os moradores e orientá-los a manter as casas e os quintais limpos sem qualquer possibilidade de acúmulo de água, que prolifere o mosquito Aedes aegypti.

O último LIRA, Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti, realizado em janeiro, apontou um percentual de 4,07% em toda cidade.

Mas esse índice de infestação, segundo o responsável pelo programa de controle de vetores do CCZ, Jean Avemir, se deve ao fato do período chuvoso, quente e da própria situação em que a cidade está inserida geograficamente.

No entanto, o trabalho intensificado da Prefeitura resultou na diminuição dos casos notificados de dengue.

Do começo do ano até agora dois casos da doença foram confirmados em Foz. Em todo o ano de 2016, o Município registrou 8.673 casos positivos e 12.521 notificados, de acordo com a Vigilância Epidemiológica.

As ações integradas são da Prefeitura, CCZ e Governo do Estado, por meio da 9ª Regional de Saúde, responsável pela aplicação do fumacê. Essa parceria somada às vistorias dos agentes de endemias de casa em casa contribuiu para que Foz saísse do risco de epidemia de dengue até o momento.

O trabalho foi reforçado nos bairros que apresentaram maior infestação do mosquito no Levantamento. São eles, Campos do Iguaçu, Jardim Alice, Jardim Manaus e Jardim São Paulo.

Outras regiões da cidade já estão sendo atendidas com o fumacê e com as vistorias dos agentes, mas é importante frisar que o morador precisa fazer a sua parte, mantendo as casas limpas, arejadas, e quintais livre de qualquer possibilidade de criadouro do Aedes aegypti.

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio

Parceria

Anúncio

Assine

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana
Logo do ClickFoz