contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Anac aprova novo Plano Diretor do aeroporto de Foz do Iguaçu Aprovação permite que sejam reivindicados recursos para implantação dos projetos da nova pista de pouso e decolagem

Aprovação permite que sejam reivindicados recursos para implantação dos projetos da nova pista de pouso e decolagem


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Em portaria publicada nesta quarta-feira, 03, no Diário Oficial da União, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou o novo Plano Diretor do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu. Contratado pelo Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu (Fundo Iguaçu), o plano prevê três horizontes de expansão para o terminal (2019, 2029 e 2039). Já  aprovado pela Empresa de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), o plano tem também o aval do Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego – Cindacta II.

A aprovação da Anac já possibilita que as lideranças de Foz do Iguaçu se articulem para viabilizar a primeira fase do Plano Diretor, que prevê um novo sistema de pistas. Para isso, será preciso incluir o projeto no Programa de Infraestrutura e Logística (PIL) do governo federal, habilitando-o a receber recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil, segundo Gilmar Piolla, vice-presidente do Fundo Iguaçu, secretário-geral do Codefoz e coordenador do projeto do novo Plano Diretor do aeroporto.

Piolla diz que o projeto prevê a construção de uma nova pista de pouso e decolagem de 3 mil metros de extensão e 45 metros de largura (futuramente, será ampliada para 60 metros), paralela à atual, que será utilizada como taxiway. Este projeto está em fase de ajustes finais pelo Instituto de Transporte Aéreo do Brasil – ITA-Brasil, que existe há 33 anos e já desenvolveu projetos para alguns dos mais importantes aeroportos do País.

O Plano Diretor do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, que recebeu elogios da Infraero, é um dos mais completos já apresentado por aeroportos brasileiros, segundo Piolla. “Nenhum outro aeroporto tem um plano diretor com esse nível de detalhamento.”, garante. São três horizontes de ampliação: o primeiro em 2019, depois em 2029 e finalmente em 2039.

Na primeira etapa, além da nova pista de pouso e decolagem, orçada em R$ 300 milhões, o projeto prevê a ampliação do terminal para atender até 5 milhões de passageiros/ano, com a instalação de pontes de embarque e desembarque móveis (fingers) e um novo acesso viário.

Com a primeira fase concluída, o aeroporto de Foz do Iguaçu estará “atendendo a sua vocação internacional, tornando-se um hub do Mercosul e dos países andinos, com  voos diretos para a Europa, Estados Unidos e Caribe”, prevê o superintendente de Comunicação Social da Itaipu.

Na segunda fase do plano, entre 2020 e 2029, o aeroporto receberá entre 7 e 10 milhões de passageiros; e na terceira fase, para além de 2039, chamada de “esgotamento do sítio aeroportuário”, receberá 19 milhões de passageiros, quando necessitará de um alargamento da pista, de 45 para 60 metros. O Plano Diretor inclui anteprojetos para cada uma dessas fases.

O Plano Diretor aprovado é composto de sete capítulos, acrescidos do relatório final e do relatório síntese e do anteprojeto do terminal de passageiros. Os capítulos incluem inventário da situação atual, projeção de demanda futura, estudo de alternativas viáveis, desenvolvimento e planejamento a partir da alternativa selecionada.

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio

Parceria

Anúncio

Assine

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana
Logo do ClickFoz