contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Arrecadação do estado cresceu 13,8% no primeiro quadrimestre Receita própria do Paraná aumentou 11,90% enquanto os repasses federais cresceram apenas 0,95% entre janeiro e abril

Receita própria do Paraná aumentou 11,90% enquanto os repasses federais cresceram apenas 0,95% entre janeiro e abril


Por: Leca

Publicado em:

A arrecadação total do Paraná foi de R$ 10,31 bilhões nos quatro primeiros meses deste ano, com aumento nominal de 13,79% sobre igual período de 2012 (R$ 9,06 bilhões). A despesa chegou R$ 10,41 bilhões, com crescimento de 20,60% sobre os R$ 8,63 bilhões do primeiro quadrimestre do ano passado.

Os números foram apresentados nesta segunda-feira (27/05) pelo secretário da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, que fará balanço completo das contas do Estado na Assembleia Legislativa durante audiência nesta terça.
 

Foto: Julio César da Costa Souza/Sec.Fazenda
O secretário estadual da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, durante coletiva à imprensa nesta segunda-feira (27), anuncia o resultado das contas do 1° quadrimestre de 2013

 

As transferências da União totalizaram R$ 1,27 bilhão. Descontada a inflação do período, os repasses federais decresceram 5,09%, frente ao desempenho positivo de 5,20% da arrecadação própria estadual. O secretário da Fazenda destacou que nos últimos 24 meses encerrados em abril, o prejuízo do Paraná chegou a R$ 767 milhões.

DESONERAÇÕES – Segundo Hauly, a política de desoneração dos tributos que compõem o Fundo de Participação dos Estados (FPE) – o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e Imposto de Renda (IR) -, afeta diretamente as transferências constitucionais.

Para agravar a situação, segundo ele, tem a desoneração do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que vai impactar negativamente na receita do Estado. “Até o final do ano deixarão de entrar nas contas do Governo R$ 412 milhões como resultado disso”, destacou.

POSITIVO – O secretário da Fazenda enfatizou que, devido ao trabalho do fisco paranaense, a arrecadação do ICMS, que é o principal item da composição da receita, tem o melhor desempenho entre os maiores estados brasileiros.

No quadrimestre, a arrecadação de ICMS no Paraná foi de R$ 6,23 bilhões, o que representou crescimento de 11,43%, sobre os R$ 5,59 bilhões arrecadados em igual período de 2012. O Paraná, segundo o secretário, está no caminho certo. “Poderia ser melhor, mas se o Brasil fosse melhor”, analisou.
 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz