Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Audiência Pública vai debater regularização das casas da Vila A de Itaipu A reunião convocada pelo Vereador Zé Carlos deve dar voz às inquietudes dos moradores do local

A reunião convocada pelo Vereador Zé Carlos deve dar voz às inquietudes dos moradores do local


Por: Leca

Publicado em:

A Câmara realiza na próxima quinta-feira (18), às 19h, audiência pública para debater a situação de regularização da titularidade das casas da Vila A, de Itaipu. A audiência atende ao Requerimento n°58/2013, de autoria do Presidente do Legislativo – Zé Carlos (PMN), com o objetivo de dar espaço às reivindicações da população. “A finalidade dessa audiência é buscar um senso comum entre os moradores da região e a Usina de Itaipu”, ressaltou o proponente.

Foto: Divulgação
Vila A será tema de audiência pública nesta quinta-feira, 18, às 19h

O encontro deve contar com a participação de representantes da Itaipu, da Caixa Econômica Federal e lideranças comunitárias da região, além dos vereadores da Casa de Leis.

O evento deve contar com a presença de representantes da sociedade civil organizada, do Poder Executivo, da Itaipu Binacional e demais autoridades convidadas ao debate. Segundo dados da Associação de Moradores da “Vila A” a região conta com cerca de 2.100 casas, sendo que 800 delas já foram vendidas. As outras moradias e aproximadamente 11 terrenos aguardam regularização.

HISTÓRICO

A Itaipu Binacional começou a ser construída em 1974. Entre os anos de 1975 a 1978 foram construídas nas margens (Brasileira e Paraguaia) cerca de 9 mil casas para abrigar os trabalhadores. Nos anos 80, no auge da construção, a Usina tinha cerca de 40 mil trabalhadores nos canteiros de obras, que moravam em quatro locais diferentes: Operários solteiros ficavam em alojamentos; Barrageiros casados ocupavam as 2,9 mil casas da Vila C e para a Vila A foram enviados funcionários de nível médio, para 2.094 unidades habitacionais. Já, a Vila B foi erguida para os engenheiros e diretores.
 

 

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz