contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Autoridades avaliam situação do Hospital Municipal de Foz Conselho Regional de Medicina exige que hospital se regularize para não ser interditado

Conselho Regional de Medicina exige que hospital se regularize para não ser interditado


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Em mais uma ação em defesa do Hospital Municipal Germano Lauck, o deputado Chico Brasileiro (PSD) manteve nesta terça-feira, 16, audiência com a diretoria do Conselho Regional de Medicina (CRM), em Curitiba, em que se discutiu o indicativo de interdição do hospital determinado pelo órgão em 21 de dezembro passado. “Nossa preocupação é evitar medidas drásticas que tragam prejuízo à população”, afirmou Brasileiro.

“O Germano Lauck é um hospital de função social imensa e não queremos chegar ao ponto da interdição”, afirmou o presidente do CRM, Luiz Ernesto Pujol. Ele explicou que o indicativo visa “proteger o exercício da profissão, sem colocar em risco a vida dos pacientes”. Em sua opinião, além de questões econômicas, o grande problema dos hospitais públicos tem sido de gestão.

Chico Brasileiro afirmou que os problemas no Germano Lauck começaram a se acumular desde a mudança no modelo de gestão da unidade. “Há um certo descaso com os serviços assistenciais como o que ocorreu com a UTI pediátrica, que foi fechada e hoje é ofertada pelo Hospital Costa Cavalcanti”, lembrou. “É preciso deixar claro que não há interesse de ninguém em fechar o Hospital”, destacou. “Queremos buscar uma solução consensual e definitiva para o seu bom funcionamento”.

A diretoria do Hospital Municipal tem prazo até 21 de março para corrigir as falhas apontadas pelo CRM. Entre elas, falta de equipamentos cirúrgicos, atrasos salariais e contratação de profissionais médicos e de enfermagem. De acordo com o diretor do Departamento de Fiscalização do Exercício Profissional, do CRM, Carlos Roberto Goytacaz, já foram realizadas duas vistorias no Germano Lauck. O prazo para a interdição poderá ser prorrogado.

FISCALIZAÇÃO – Para Chico Brasileiro, a atuação do CRM tem sido fundamental na preservação do exercício da profissão médica. “O CRM não tem o poder de fechar hospitais e, sim, de zelar pela qualidade dos serviços prestados pelos profissionais, evitando prejuízos para a população”, afirmou. “Assim como o parlamentar tem o papel de fiscalizador sobre a aplicação dos recursos públicos, o CRM tem assegurado serviços médicos de qualidade para a população”, completou. Brasileiro tem mantido interlocução com diversos setores da sociedade em defesa do Hospital Municipal.

 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz