contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Ayrton, Ayrton, Ayrton Senna do Brasil!


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

O que pode acontecer em 20 anos?

Uma criança virar adulto, se dar bem na vida, se formar na faculdade, construir carreira, formar uma família, ter filhos, enfim, o destino de uma vida é traçada neste período.

Hoje, faz exatos 20 anos que o maior atleta brasileiro (na minha opinião) não está mais entre nós.

Apesar do tempo, nada nunca poderá apagar tudo o que Ayrton Senna representou para a nossa nação. 

Faz duas décadas e mesmo eu tendo apenas sete anos no dia do acidente, nunca esquecerei daquele tempo memorável. Quando todos acordavam a qualquer hora da madrugada só para ver Senna desfilar sob os adversários. 

Foto: Internet
Saudades destes domingos…

E aquela musiquinha? Quantas lembranças! Ayrton, Aytron, Ayrton Senna do Brasil, fazia os nossos domingos tão mais felizes. Dava um orgulho tão grande de ser brasileiro! Todos sempre diziam: “Eu sou do mesmo país do Senna, aquele tri campeão mundial”.

Não preciso nem dizer o que ele representou e até hoje representa para todos nós. Afinal, se Senna fosse um ídolo qualquer, não receberia tantas homenagens 20 anos depois de sua morte.

Ontem, por exemplo, o time do Corinthians (equipe pela qual Senna torcia), entrou em campo com uma réplica do capacete dele, uma bela e merecida homenagem, diga-se de passagem.

É, não tem como esquecer aquele trágico primeiro de maio. Lembro-me como se fosse hoje. Centenas de brasileiros pasmos, em frente a TV, rezando e pedindo para que tudo aquilo não se tornasse verdade. Realmente, aquele primeiro de maio ficou em nossas memórias.

Recordo que no dia seguinte da morte de Senna, todos os alunos da minha escola se perfilaram em frente a bandeira do Brasil, para entoar o hino nacional. Esta foi a única vez que me recusei a cantá-lo.

Ayrton foi muito mais que um simples atleta. Nos ensinou a sermos patriota, a acreditarmos em nós mesmos, a termos orgulho e esperança.

Quantas saudades meu caro Ayrton. Acordei nostálgica neste dia do trabalhador. Acredito que não sou a única. Tenho certeza que esta sensação é compartilhada por centenas brasileiros no dia de hoje. 
 


 

 

 

 

    Lauane de Melo é repórter do Clickfoz e editora

    de imagens da Rede Massa. Para interagir com a 

    jornalista, siga ela no Twitter e no Facebook.

 

 
 
 

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz