contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Brasil começa Grand Prix com goleada sobre os Tchecos


Por:

Publicado em:

Foto: Cristiano Borges/CBFS

A Seleção Brasileira de Futsal iniciou bem sua caminhada em busca do hexacampeonato do Grand Prix de Futsal. Na manhã deste domingo (17/10) a equipe bateu a República Tcheca por 9 a 2. O duelo, válido pelo grupo, marcou a abertura da competição e foi realizado no ginásio Newton de Faria, em Anápolis (GO).

Com o triunfo o Brasil larga bem na sexta edição do GP, assumindo a ponta do grupo A, que é composto ainda por Costa Rica e Líbia, que jogam às 18 horas, no ginásio da UniEvangélica, também em Anápolis. O próximo compromisso dos atuais campeões mundiais será nesta segunda-feira (18/10), às 18h45, diante da Costa Rica, no mesmo local. Já os tchecos buscarão a reabilitação diante dos líbios, também nesta segunda-feira, porém às 14 horas, no ginásio da UniEvangélica.

O jogo – O confronto começou bem movimentado. Logo aos 39 segundos, Martin Dlouhý abriu o marcador para os europeus. Porém, a resposta brasileira foi quase imediata. Aos 53 segundos Wilde complementou para as redes e empatou o duelo. A partir daí o domínio foi verde-amarelo.

Aos 2min12, Gabriel fez o gol da virada, enquanto Ari, aos 9min22, Vinícius, aos 12min58, e Oliva fez contra, aos 19min04, fechando o placar da etapa inicial em 5 a 1 para os donos da casa.

Na etapa final o domínio sul-americano prosseguiu, porém o ritmo da partida diminuiu. Falcão fez o sexto do Brasil, aos 22min08, enquanto Wilde marcou seu segundo tento na partida, aos 31min10, pouco antes dos tchecos terem feito mais um tento, aos 31min24. Falcão, aos 36min54, e César Paulo, que completou uma finalização de Falcão, aos 37min44, decretaram números finais ao confronto: 9 a 2.

O técnico da República Checa comentou o desempenho de sua equipe frente ao Brasil. "Foi muito difícil. Tínhamos muitos jogadores jovens e acho que eles jogaram bem, mas o Brasil é o número um do mundo", disse Tomas Neumann.

Para o técnico do Brasil, Marcos Sorato, o fator estreia interferiu no desempenho de seus comandados. "A ansiedade estava alta, foi comprovado isso no primeiro tempo, mas eles foram se soltando durante o jogo e conseguimos um placar de 9 a 2. Sabemos que a dificuldade vai aumentar no decorrer do campeonato e a gente precisa melhorar muito ainda", afirmou Sorato.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz