contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Canal da Piracema é reaberto para passagem de peixes e prática de canoagem Equipe brasileira iniciou os treinos no local na manhã desta terça-feira, 2

Equipe brasileira iniciou os treinos no local na manhã desta terça-feira, 2


Por: Leca

Publicado em:

Obras promovidas pela Itaipu no Canal da Piracema deverão garantir migração de peixes e práticas desportivas mesmo em tempos de seca, como a que ocorreu nas últimas semanas de 2012 e início de 2013. Depois de dois meses de obras, as comportas da tomada d’água, localizadas perto do Refúgio Biológico Bela Vista, foram abertas na manhã desta segunda-feira (1º), fazendo com que o sistema volte a operar normalmente, com fluxo de aproximadamente 12 metros cúbicos de água por segundo.

Foto: JIE
Águas constantes no Canal da Piracema.

Inaugurado em 2002, o Canal da Piracema permite que as espécies de peixes migradores do Rio Paraná vençam o desnível entre as águas abaixo e acima da barragem de Itaipu. São 10 quilômetros de extensão, parte em leito natural do Rio Bela Vista e parte artificial. O sistema, que também conta com um canal para práticas de canoagem, é alimentado a partir de uma tomada d’água localizada na cota 217,9 metros.

Foto: JIE
 O novo sistema, visto pelo lado de fora…

 

Com o retorno do fluxo normal de água (hoje, Itaipu está operando com o reservatório a 220,2 metros), retornam também os treinos da equipe brasileira de canoagem no Canal Itaipu. O primeiro treino no local está marcado para esta terça-feira (2), a partir das 9h30.

Foto: JIE
…e por dentro da caixa, ao abrir a tampa.

Durante o período de estiagem, os atletas vinham treinando apenas na lagoa principal e no reservatório. “Treinar em corredeira é fundamental para esse esporte e para que possamos cumprir nossos objetivos na Olimpíada de 2016”, afirmou Argos Rodrigues, superintendente da Confederação Brasileira de Canoagem.
   
Seca
    
Durante a última estiagem, o trecho de 2,7 quilômetros entre a captação de água e a lagoa principal do Canal da Piracema reduziu drasticamente. A redução do nível de água também inviabilizou a prática de esportes por aproximadamente cinco meses.

Foto: JIE
 Na paisagem, poucas modificações.

Com as modificações promovidas, que envolveram as equipes das Divisões de Serviços (ODMS.CD) e de Obras e Manutenção (ODMI.CD) da Itaipu, a captação de água passou para a cota 216, partindo da Lagoa de Estabilização. “Até o próximo mês de julho, deveremos acrescentar dois motores que permitirão bombear água em períodos de maior estiagem, a partir do reservatório, mesmo com o nível próximo da 216 m”, informou o gerente do Departamento de Obras da Itaipu, Andreas Schwarz.

Foto: JIE
Hélio Martins Fontes Jr.: "sistema permanece vivo mesmo em secas prolongadas".

 

Com os motores em operação, será possível manter no mínimo um fluxo de cerca de 0,8 metros cúbicos por segundo, o suficiente para alimentar o sistema e garantir a manutenção da biodiversidade local. “Com essa obra, Itaipu garante que o sistema permaneça vivo mesmo em períodos mais prolongados de seca”, complementou Hélio Martins Fontes Júnior, da Divisão de Reservatório da Itaipu.
  
Chuvas
   
A quantidade de chuvas na Bacia do Paraná nas últimas semanas permitiu a recuperação do reservatório da Itaipu. A faixa normal operativa varia entre 219 e 220 metros acima do nível do mar.
   
Com a normalização do nível do reservatório e consumo diminuído no feriado, Itaipu abriu o vertedouro depois de quase seis meses fechado.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz