contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Casal viaja pelo mundo acompanhado do cão labrador Gustavo Vivacqua e sua esposa estiveram em Foz do Iguaçu, aproveitando mais um destino, dos milhares que já tiveram, sempre na companhia de Tapa, o fiel companheiro de quatro patas

Gustavo Vivacqua e sua esposa estiveram em Foz do Iguaçu, aproveitando mais um destino, dos milhares que já tiveram, sempre na companhia de Tapa, o fiel companheiro de quatro patas


Por:

Publicado em:

Fotos por Vilmar Machado
Ana, Gustavo e o cachorro Tapa, ao lado da picape que os conduz nas viagens. "O carro está preparado para encarar qualquer tipo de terreno", garante Gustavo

O empresário Gustavo Vivacqua conhece todos os estados do Brasil e mais um pouco. Sempre ao lado de um cão labrador como fiel escudeiro (primeiro foi Haxi, falecido em 2005, agora o Tapa, de quatro anos), percorre com sua picape todos os lugares que possa imaginar. Agora, também acompanhado da esposa Ana, está realizando uma viagem pelo mundo que deverá durar dois anos, por mais de 160 mil quilômetros. Histórias são o que não faltam na vida desse casal.

Há dez anos, Gustavo resolveu criar um site para expor as fotos do Haxi e os relatos de suas viagens. Foi aí que surgiu o Viagens Maneiras (www.viagensmaneiras.com). Passando por Foz do Iguaçu, o casal (junto com Tapa), recebeu a reportagem do Click Foz do Iguaçu no hotel Bella Italia, empresa que deu de presente ao casal um pacote com alguns passeios na cidade, para uma conversa descontraída, contando sobre as viagens, aventuras e, claro, sobre o simpático cão companheiro e amigo para todos os momentos.

ClickFoz: Como você conheceu a cidade de Foz do Iguaçu?
Gustavo Vivacqua: Acho que Foz do Iguaçu é uma cidade que todo mundo conhece desde que nasce. É um dos principais pontos turísticos do Brasil, então eu já conhecia por nome e não poderia deixar de vir aqui e conhecer as Cataratas do Iguaçu.

ClickFoz: Já esteve em Foz do Iguaçu em outras oportunidades?
Gustavo: Esta é a terceira vez que estou na cidade. Eu estive aqui em 2005, quando o Haxi (primeiro cachorro de Gustavo) ainda era vivo. Estive também uma vez de passagem, quando eu retornava de uma viagem à Argentina. Agora é a terceira vez que estou em Foz do Iguaçu.

ClickFoz: Quais as referências que você tinha da cidade antes de conhecer?
Gustavo: Tinha como referência as Cataratas do Iguaçu, a maior cachoeira do mundo em volume de água. Também sabia daquelas “comprinhas básicas” no Paraguai e que não podemos deixar de fazer (risos), da usina hidrelétrica de Itaipu, também a maior do mundo em produção de energia, e o passeio pela Argentina, possibilitando uma visão melhor das Cataratas do Iguaçu.

ClickFoz: Qual a preparação que você faz antes de cada viagem?
Gustavo: Essa viagem que estamos fazendo pela América Latina teve uma preparação especial. Nós construímos um carro durante quase um ano. Construímos na picape uma capota, com fibra de vidro, com geladeira, micro-ondas, cama e tem até um vaso sanitário. Também tem um armário, com uma capota térmica. Posso garantir que o carro está preparado para encarar qualquer tipo de terreno que nós tivermos pela frente.

ClickFoz: Em relação aos passeios do pacote que ganharam (Macuco Safári, Parque das Aves, Cataratas do Iguaçu e Usina de Itaipu) qual a avaliação?
Gustavo: Foi a segunda vez que eu fiz o Macuco. Sem dúvida é um dos passeios mais legais existentes no Brasil. O Parque das Aves a gente ainda não conhecia (Gustavo estava acompanhado da esposa, Ana) e achei fantástico, pois haviam várias aves das quais muitas eu não conhecia. O passeio na usina foi muito legal também. É uma visita que sempre vale a pena realizar novamente.

ClickFoz: E a Noite Italiana, o que acharam?
Ana Vivacqua (esposa do Gustavo): Achei muito boa. Os queijos estavam maravilhosos. Eu fiquei no vinho, o Gustavo foi na “cervejinha”, mas tudo estava perfeito.
Gustavo: Eu também adorei e com certeza vou voltar quando eu tiver outra oportunidade.


Gustavo Vivacqua partirá para uma viagem ao redor do mundo que deverá levar dois anos, percorrendo 160 mil quilômetros

ClickFoz: Fale um pouco sobre o Tapa, o cachorro da raça labrador que viaja com vocês desde que era filhote.
Gustavo: O Tapa tem quatro anos. Ele veio para “tapar” o buraco deixado após a morte do Haxi, em 2005, daí o nome dele. Eu digo que ele é um cachorro meio “labradoido”, um labrador, misturado com doido (risos). A primeira viagem que ele fez, deveria ter uns quatro ou cinco meses. Descemos para o Uruguai, passando pela Argentina, e coloquei ele na parte de trás do carro. Ele foi comendo as malas todas, ou seja, já era maluco quando filhote e continua maluco agora, com quatro anos de idade, não mudou nada (risos).

ClickFoz: É verdade que vocês recebem apoio da prefeitura do Rio de Janeiro para realizar as viagens?
Ana: É um apoio mais no sentido de ajudar a gente a passar pelas fronteiras/aduanas. Nós temos uma carta, escrita por eles, dizendo os objetivos da viagem e que nos apoia durante todo o percurso.

ClickFoz: Qual o próximo destino?
Gustavo: Pretendemos dar a volta ao mundo, por isso nosso próximo destino será a Argentina. De lá, iremos para o Chile; seguiremos pelo Peru e Equador; passando pela Colômbia e chegando à Venezuela. Na Venezuela colocaremos o carro dentro de um contêiner para mandar a Europa. De lá, desceremos à África, cruzando todo o continente africano até chegar ao Oriente Médio. Depois entraremos na Ásia por Cingapura. De Cingapura colocaremos o carro novamente dentro de um contêiner, mandando para a América do Norte e desceremos todo o continente americano.

ClickFoz: Tem estimativa de quanto tempo irá durar esta viagem?
Gustavo: A estimativa é que dure aproximadamente dois anos, percorrendo ao todo mais de 160 mil quilômetros.

ClickFoz: Pretendem voltar a Foz do Iguaçu?
Gustavo: Com certeza! É bem provável que na volta, passaremos novamente por Foz do Iguaçu. (Neste momento a Ana o interrompe)
Ana: Para fazermos outro passeio do macuco (risos)

 


Momento de descontração: Tapa, de quatro anos, já viajou pelo Brasil inteiro e adora uma brincadeira

 

 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu
Logo do ClickFoz