contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

CCZ e Exército iniciam mutirão da dengue em Foz do Iguaçu Meta é visitar 50 mil imóveis na primeira semana de trabalho

Meta é visitar 50 mil imóveis na primeira semana de trabalho


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Agentes de endemias do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e 300 militares do Exército iniciaram na manhã de hoje, 15, a Semana da Descontaminação, como foi batizado o mutirão municipal da dengue. O trabalho de verificação de residências e empresas começou pela região Leste da cidade, e tem como referência as sete Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Fiscais da Secretaria Municipal da Fazenda dão apoio às ações, aplicando multas aos imóveis em que forem encontrados focos do mosquito Aedes aegypti.

Na UBS Portal da Foz, 40 cabos e soldados do Exército foram divididos em equipes. Para cada grupo de quatro militares, há um agente de endemias coordenando e orientando os trabalhos. A dona de casa Maria Villas Boas, de 57 anos, abriu a porta de casa para o mutirão. No quintal, havia recipientes que poderiam se transformar em criadouros, mas não foram encontradas larvas. "Ainda não fiz a limpeza hoje, mas revisamos o pátio todos os dias", disse. "Tenho muito medo de pegar dengue, e esse trabalho do Exército é muito importante", elogiou.

Na região, é comum encontrar casas em que os moradores usam tambores para acumular água na chuva. O comerciante José Mello disse que nunca esquece de fecha-lo, mas durante a visita os agentes encontraram o galão aberto. "Usamos a água para larvar as calçadas, e ontem esquecemos o tambor aberto", justificou. Ele foi orientado a lavar a vasilha e mante-la sempre vedada.

A meta do grupo é visitar pelo menos 50 mil imóveis na região até a sexta-feira, 19. Fiscais da Secretaria da Fazenda acompanham o mutirão, multando empresas e residências em que foram encontrados focos do mosquito que transmite a dengue, zika vírus e febre chikungunya. A multa varia de R$ 1,4 mil até R$ 7 mil.

O último boletim epidemiológico divulgado hoje pela Secretaria Municipal da Saúde mostra que só esse ano foram notificados 3.092 casos de dengue em Foz, sendo que 874 foram confirmado. Do total de positivos, 727 são pacientes que moram na cidade.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz