contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

CCZ faz alerta sobre golpes dos uniformes em Foz Segundo o Centro de Zoonoses, esta é uma informação falsa

Segundo o Centro de Zoonoses, esta é uma informação falsa


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Após boatos sobre o roubo de uniformes dos agentes de endemias do Centro de Controle de Zoonoses de Foz do Iguaçu, o coordenador do Comitê da Dengue, André de Souza Leandro, faz um alerta desmentindo a situação. “Não houve nenhum roubo sequer de uniformes das nossas equipes. Esta é uma informação falsa. Os agentes de endemias continuam com o trabalho de vistoria nas residências para orientar os moradores a prevenir focos do mosquito da dengue”, disse.

Foto: AMN
Agentes continuam fazendo o trabalho normalmente, em busca de focos da dengue

Segundo o coordenador, muitos agentes encontram dificuldade para entrar nas casas, por isso o CCZ pede a compreensão dos moradores permitindo que o funcionário faça a vistoria necessária e, “em caso de dúvidas, os moradores devem cobrar a identificação do agente no ato da visita ou até mesmo solicitar a presença de um supervisor para confirmar que a equipe é credenciada pelo Município”, orienta.

Teste rápido – A Secretaria Municipal da Saúde recebeu kits para realização do teste rápido da dengue, o que, de acordo com André Leandro, “contribuem para o setor da epidemiologia na confirmação ou não da doença, medicando de forma mais rápida o paciente, e, agilizam as ações de campo, uma vez que o agente de endemia estará intensificando o combate ao mosquito nas áreas onde residem moradores com a dengue”, explicou.

Dados – Em Foz do Iguaçu, de cada 100 imóveis, oito têm a presença do foco do mosquito da dengue, o Aedes aegypti, os dados são do Comitê da Dengue que esteve reunido na última semana com a Vigilância Epidemiológica e demais representantes da Secretaria Municipal da Saúde para avaliar as ações de combate à dengue.

Para o coordenador do Comitê é possível controlar a proliferação do mosquito, basta a população se mobilizar e ajudar. “De cada 10 criadouros, oito são de fácil remoção, pois são criadouros em lixo doméstico, baldes e vasos de plantas. Pedimos a compreensão de toda a comunidade que verifique em suas casas qualquer recipiente que possa acumular água e evite deixar lixo e entulhos nos quintais. Precisamos que cada um faça sua parte”, orientou André.

Onde vistoriar – Em baldes e vasos de plantas, em lixo dentro de sacolas plásticas, mesmo orgânico ou reciclável, entulhos, e terrenos baldios. O CCZ alerta para que os moradores mantenham os quintais limpos, livres de qualquer suspeita de focos do mosquito da dengue.

 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz