contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Centro de Controle de Zoonoses inicia campanha antirrábica em Foz do Iguaçu


Por: Garon Piceli

Publicado em:

O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) iniciou em onze bairros da cidade, a campanha antirrábica.  Divididos em equipes, os agentes de endemias percorreram a Vila C, Jardim Universitário, Três Bandeiras, Vila A , Três Fronteiras, Jupira, Vila Pérola, Maracanã, Jardim Itália, Vila Adriana e Boicy. A meta, segundo o Centro de Controle de Zoonoses (CZZ) é que ao menos 80 casas sejam visitadas diariamente. Os trabalhos acontecem das 8h às 12 horas e das 13h às 19 horas. Se o proprietário da casa, um aviso é afixado, para ele que leve o animal ao CCZ. No centro, a vacina será ofertada gratuitamente até o final do ano e espera atingir cerca de 65 mil animais, entre cães e gatos.
 

A vacinação será feita somente em cães e gatos domiciliados. "Até 2008, retornávamos no final de semana para fazer a vacinação, mas agora, para ganhar mais agilidade, pedimos para que os donos venham ao CCZ, ou mesmo vacinem seus cães e gatos em clínicas veterinárias", disse o veterinário Jairo Adams, do CCZ.

Apesar de a cidade não registrar casos de raiva há oito anos, os cães que vivem na rua não serão imunizados. "Se cada equipe fosse também vacinar os cachorros e gatos soltos nas ruas, levaríamos muito tempo". O cronograma de vacinação prevê atividades até o dia 31 de agosto, com 17 dias trabalhados, o que pode ser alterado em função do tempo.
Hoje, os serviços de carrocinha, que realizava o recolhimento de cachorros e gatos soltos, está desativado. Apesar de a cidade estar livre da raiva, há preocupação quanto à circulação de morcegos (transmissores) que é intensa, daí a importância em imunizar todos os anos cães e gatos. A vacinação é feita de casa em casa e quando realizada, um certificado de imunização é dado ao dono do animal. A vacina contra a raiva não oferece contra-indicações aos imunizados. A solicitação é que as pessoas recebem bem os agentes e auxiliem na vacinação de seus bichos de estimação. "O as gentes estarão uniformizados e devidamente identificados".
 

 

$(function(){
// esconde o conteúdo de “saiba mais” que fica no rodape da pagina
$(‘div#contentcolumn .relacionada’).hide();
// armazena o conteudo da div
var contentDivSaibaMais = $(‘div#contentcolumn .relacionada’).html();
$(‘div#contentcolumn .new-div-relacionada’).html(contentDivSaibaMais);
});


A raiva ou hidrofobia é causada por um vírus e pode levar à morte, manifestando-se tanto no animal quanto no homem. Sem cura, a prevenção é a única ferramenta contra a doença. O agente causador da raiva pode infectar qualquer animal de sangue quente, porém, só irá desencadear a doença em mamíferos. Nos casos de suspeita, o aviso deve ser dado ao CCZ. O exame para confirmação é feito somente após a morte do animal, quando o material é coletado em encaminhado ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), em Curitiba.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz