contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Centro de Controle de Zoonoses inicia campanha antirrábica em Foz do Iguaçu


Por: Garon Piceli

Publicado em:

O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) iniciou em onze bairros da cidade, a campanha antirrábica.  Divididos em equipes, os agentes de endemias percorreram a Vila C, Jardim Universitário, Três Bandeiras, Vila A , Três Fronteiras, Jupira, Vila Pérola, Maracanã, Jardim Itália, Vila Adriana e Boicy. A meta, segundo o Centro de Controle de Zoonoses (CZZ) é que ao menos 80 casas sejam visitadas diariamente. Os trabalhos acontecem das 8h às 12 horas e das 13h às 19 horas. Se o proprietário da casa, um aviso é afixado, para ele que leve o animal ao CCZ. No centro, a vacina será ofertada gratuitamente até o final do ano e espera atingir cerca de 65 mil animais, entre cães e gatos.
 

A vacinação será feita somente em cães e gatos domiciliados. "Até 2008, retornávamos no final de semana para fazer a vacinação, mas agora, para ganhar mais agilidade, pedimos para que os donos venham ao CCZ, ou mesmo vacinem seus cães e gatos em clínicas veterinárias", disse o veterinário Jairo Adams, do CCZ.

Apesar de a cidade não registrar casos de raiva há oito anos, os cães que vivem na rua não serão imunizados. "Se cada equipe fosse também vacinar os cachorros e gatos soltos nas ruas, levaríamos muito tempo". O cronograma de vacinação prevê atividades até o dia 31 de agosto, com 17 dias trabalhados, o que pode ser alterado em função do tempo.
Hoje, os serviços de carrocinha, que realizava o recolhimento de cachorros e gatos soltos, está desativado. Apesar de a cidade estar livre da raiva, há preocupação quanto à circulação de morcegos (transmissores) que é intensa, daí a importância em imunizar todos os anos cães e gatos. A vacinação é feita de casa em casa e quando realizada, um certificado de imunização é dado ao dono do animal. A vacina contra a raiva não oferece contra-indicações aos imunizados. A solicitação é que as pessoas recebem bem os agentes e auxiliem na vacinação de seus bichos de estimação. "O as gentes estarão uniformizados e devidamente identificados".
 

 

$(function(){
// esconde o conteúdo de “saiba mais” que fica no rodape da pagina
$(‘div#contentcolumn .relacionada’).hide();
// armazena o conteudo da div
var contentDivSaibaMais = $(‘div#contentcolumn .relacionada’).html();
$(‘div#contentcolumn .new-div-relacionada’).html(contentDivSaibaMais);
});


A raiva ou hidrofobia é causada por um vírus e pode levar à morte, manifestando-se tanto no animal quanto no homem. Sem cura, a prevenção é a única ferramenta contra a doença. O agente causador da raiva pode infectar qualquer animal de sangue quente, porém, só irá desencadear a doença em mamíferos. Nos casos de suspeita, o aviso deve ser dado ao CCZ. O exame para confirmação é feito somente após a morte do animal, quando o material é coletado em encaminhado ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), em Curitiba.

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz