Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Codefoz entrega projeto de revitalização da Av. das Cataratas Projeto foi desenvolvido com apoio da Itaipu; Obras são estimadas em R$ 17,5 milhões

Projeto foi desenvolvido com apoio da Itaipu; Obras são estimadas em R$ 17,5 milhões


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

O projeto para revitalização da Avenida das Cataratas, no trecho de quatro quilômetros entre a Avenida Jorge Schimmelpfeng e o trevo de acesso à Argentina, já está concluído. Na noite desta quarta-feira, 27, o documento foi entregue pelo secretário do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz) e superintendente de Comunicação Social da Itaipu, Gilmar Piolla, ao prefeito Reni Pereira, durante reunião ordinária do plenário do Codefoz, na Fundação Cultural.

Foto: Itaipu
Prefeito Reni Pereira recebe o projeto do Codefoz nesta quarta-feira, 27

Desenvolvido em parceria entre a Itaipu Binacional e o Iguassu Convention & Visitors Bureau, o projeto de revitalização prevê o alargamento e duplicação das pistas, a construção de rotatórias e de retornos em nível, a implantação de faixas elevadas para pedestres, de calçadas e ciclovia, além de paisagismo, iluminação e sinalização. “Queremos garantir maior segurança aos usuários e contribuir para uma imagem positiva aos turistas que vierem conhecer nossos atrativos”, disse Piolla, que é também presidente do Fundo Iguaçu.

O prefeito Reni Pereira lembrou que o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, já reconheceu a necessidade de melhorias na Avenida das Cataratas e que, “com uma argumentação técnica e com esse projeto bem feito, (a obra) só não sai se não tiver dinheiro”. Mas, segundo o prefeito, “a crise não é permanente”, e Foz do Iguaçu estará habilitada a receber os recursos necessários na primeira oportunidade.

O projeto – Reni Pereira recebeu de Piolla o projeto executivo, o relatório do projeto e o orçamento da obra, que prevê recursos da ordem de R$ 17,5 milhões, para execução de toda a revitalização. O objetivo é transformar a avenida “em cartão postal da cidade, integrada com o projeto de duplicação da Rodovia das Cataratas”, como afirmou Piolla na apresentação. 
 

Foto: Itaipu
Avenida das Cataratas ganhará um corredor de Ipês

Principal ligação para o acesso à Argentina, ao Aeroporto Internacional e ao Parque Nacional do Iguaçu, a Avenida das Cataratas terá um paisagismo diferenciado, com o plantio de ipês de várias cores e de outras espécies de vegetação nativa no canteiro central. Em toda a extensão da avenida, haverá uma ciclovia e calçada para pedestres, com no mínimo três metros de largura.

No trecho entre a Churrascaria Rafain e o trevo de acesso à Argentina, o projeto prevê a implantação de três pistas. A pista lateral em frente ao restaurante será mantida. Serão construídas duas rotatórias, uma na futura extensão da Avenida Harry Shinckle, que ligará a Avenida à Rodoviária e à BR-277 (o projeto dessa ligação já foi licitado, segundo o prefeito) e outra em frente ao Hotel Mabu e Shopping Catuaí Palladium (em construção). Haverá passagens em nível para pedestres em frente ao Hotel Dom Pedro I e em frente ao shopping.

Em abril, quando o ministro Gilberto Kassab esteve em Cascavel, representantes de Foz do Iguaçu entregaram um documento pedindo apoio para os projetos da Avenida das Cataratas e  para o viaduto entre a Avenida Costa e Silva e a BR-277. O ministro reconheceu a necessidade das obras e recomendou que os projetos fossem doados pelo Fundo Iguaçu à Prefeitura, que, por sua vez, faria o encaminhamento ao ministério.

Gilmar Piolla informou que os projetos do viaduto da Avenida Costa e Silva e da rotatória do CTG Charrua estão sendo desenvolvidos e devem ficar prontos num prazo entre quatro a seis meses. Essas obras, bem como a duplicação da BR-469 (Rodovia das Cataratas) e o novo sistema de pistas do Aeroporto Internacional, são consideradas “emblemáticas” e fazem parte do Plano de Desenvolvimento Econômico (PDE) do Codefoz.

Com custo estimado de R$ 12 milhões, o projeto para o viaduto da Avenida Costa e Silva consiste na readequação da interseção com a Rodovia BR-277, numa extensão aproximada de 700 metros. A proposta é construir quatro obras de arte especiais, em curva, constituídas em acesso por “terras armadas”, juntamente com a implantação de rotatória alongada sob as obras  de arte projetadas e a interação com as vias marginais existentes, que também serão readequadas.

 

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz