Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Com nova tecnologia, Paraná confirma 25 casos de zika vírus Os mesmos exames também possibilitaram a ampliação no número de confirmações de chikungunya

Os mesmos exames também possibilitaram a ampliação no número de confirmações de chikungunya


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, o Paraná já apresenta 25 casos de zika vírus confirmados. O aumento das confirmações é resultado dos novos testes utilizados desde o início de fevereiro pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-PR). 

“O exame que faz o diagnóstico simultâneo dos três vírus – dengue, zika e chikungunya – é pioneiro no Brasil. Essa nova tecnologia agilizou o tempo para confirmação dos resultados e ampliou a capacidade de análise do Lacen de 60 para 1400 testes semanais”, salienta o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto. Até esta quarta-feira, 10, foram realizados 980 testes de dengue, zika e chikungunya com a tecnologia Multiplex. 

Dos 25 casos, onze são importados e três autóctones, contraídos no próprio município. Dois são de Colorado, região noroeste do Paraná, e um de Londrina, no norte. Os outros 11 casos estão em investigação para determinar a origem da doença, se importada ou autóctone. 

“A partir da confirmação dos novos casos de zika no Paraná, o Estado amplia a investigação para determinar se há registros de infecção em gestantes, qual a procedência dessas pessoas e se há necessidade de monitoramento pelas equipes de saúde”, explica a superintendente de Vigilância em Saúde, Cleide Oliveira. 

CHIKUNGUNYA – Os mesmos exames também possibilitaram a ampliação no número de confirmações de chikungunya no Estado. Agora são 11 casos neste período epidemiológico. Apenas um deles é autóctone, contraído no município de Mandaguari, na regional de Maringá. 

DENGUE – O número de casos de dengue confirmados no Paraná subiu para 4.806, sendo 586 importados de outras localidades. Em 182 municípios já foram confirmados casos da doença. O número de cidades em epidemia também aumentou, passando de 11 para 14. 

As cidades de Santa Terezinha de Itaipu, Tapira e Rolândia estão em situação epidêmica, assim como Rancho Alegre, Munhoz de Mello, Assaí, Paranaguá, Santo Antônio do Paraíso, Cambará, Santa Isabel do Ivaí, Itambaracá, Nova Aliança do Ivaí, Mamborê e Guaraci. 

ÓBITOS – A Secretaria da Saúde confirmou uma nova morte por dengue, ocorrida em Curitiba. O cidadão de 65 anos havia viajado para o Paraguai. O atual período epidemiológico já totaliza seis mortes por dengue no Estado – quatro em Paranaguá e uma em Foz do Iguaçu. Outros nove casos ainda estão em investigação. 

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz