contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Com três jogadores a mais, Foz empata com Lajeadense no ABC Partida foi válida pelo Campeonato Brasileiro Série D

Partida foi válida pelo Campeonato Brasileiro Série D


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

O Foz Futebol recebeu o Lajeadense na tarde deste domingo, 16, no ABC pelo Campeonato Brasileiro Série D.
 

Os cerca de 400 torcedores que foram ao estádio viram uma partida atípica e cheia de emoções em Foz do Iguaçu.

Logo aos três minutos, os donos da casa tiveram a primeira oportunidade de abrir o placar, mas, Pepê chutou para fora.

E na primeira chance os visitantes aproveitaram para sair na frente. Após cobrança de falta, Laércio colocou o Lajeadense em vantagem, 1 a 0.

Só aos 27 minutos a equipe iguaçuense conseguiu o empate com Pepê, que em uma jogada dentro da área, driblou o marcador e encobriu o goleiro, tudo igual no ABC, 1 a 1.

Aos 44 minutos o Azulão poderia ter virado, mas, o segundo gol de Pepê foi anulado pela arbitragem.

Na volta do intervalo, Reinaldo da equipe visitante levou o segundo cartão amarelo e acabou expulso aos 10 minutos.

Com um homem a mais, o Foz aproveitou para virar o jogo. Aos 21, o time da fronteira rouba a bola e o inspirado Pepê carrega e chuta para ampliar o placar e marcar o segundo dele no jogo, 2 a 1.

Depois da virada, mais dois atletas gaúchos ainda foram expulsos. Basso aos 36 e Mateus aos 40.

Tudo parecia conspirar a favor do time da casa, mas, aos 43, a arbitragem marcou pênalti para a equipe do Rio Grande do Sul. Ramon marcou e mesmo com três atletas a menos em campo, o Lajeadense arrancou um empate, para a frustração de todos no ABC.“A gente fez dois a um e acabou recuando muito. Vamos trabalhar esta semana, ver os erros e corrigi-los para o próximo jogo”, disse o artilheiro da partida, Pepê.

“Pecamos na inexperiência. Faltou uma atenção maior. Fizemos uma belíssima partida. A equipe está em uma crescente, está amadurecendo jogo a jogo. Para quem  estava praticamente morto, conseguimos recriar o elenco. E ainda temos alguns jogos para tentar reverter a situação e classificar”, analisou Léo Maringá.

 

“Eles estavam com jogadores a menos e acharam um gol que caiu do céu. Se a gente não tivesse dado bobeira no escanteio, eles não iriam fazer aquele gol nunca”, desabafou o técnico Ivan Carlos Mororo Alves.

O Foz volta a campo no próximo domingo, 23, contra o Metropolitano, em Santa Catarina.

 

 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz