Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Combate à corrupção pode fazer parte do currículo escolar Proposta foi apresenta na ALEP esta semana pelo deputado Chico Brasileiro

Proposta foi apresenta na ALEP esta semana pelo deputado Chico Brasileiro


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Um dos temas mais discutidos na mídia e nas redes sociais na atualidade pode ser incluído no currículo das escolas públicas do Paraná: a conscientização contra a corrupção. A proposta foi apresentada nesta semana pelo deputado Chico Brasileiro (PSD) na Assembleia Legislativa. Se a aprovado o projeto de Lei, o conteúdo será incluído na grade curricular como “tema transversal” de diversas matérias, como História, Sociologia, Geografia e Matemática.

“A consciência dos males causados pela corrupção à vida política, econômica e social deve ser tratada nas escolas como instrumento de formação do cidadão”, explicou Chico Brasileiro. “Da pequena à grande corrupção, devemos banir da sociedade brasileira essas práticas e acredito que o caminho seja a educação”, completou. Pelo projeto de Lei, além da consciência contra a corrupção, as escolas passariam a lecionar também sobre a educação fiscal.

“No Brasil, ainda há no imaginário popular uma distinção entre a corrupção dos políticos e a corrupção praticada cotidianamente”, disse. “O famoso jeitinho brasileiro deve ser visto como um problema e não como solução”. O projeto de Lei autoriza a Secretaria de Educação a regulamentar a matéria estabelecendo carga horária e proposta pedagógica, além da promoção de cursos de qualificação dos professores.

Para Chico Brasileiro, é fundamental que a escola participe desse processo de “estimular no cidadão o interesse na política”. “A falta de envolvimento da sociedade ainda é um dos principais problemas do combate à corrupção”, avaliou.

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz