contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Concessão para obras no Marco das 3 Fronteiras terminam em junho Empresas interessadas têm até o dia 02 para entregar propostas

Empresas interessadas têm até o dia 02 para entregar propostas


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

O prazo para apresentação das propostas para exploração do Marco das Três Fronteiras e do Espaço das Américas vai até 02 de junho, quando serão abertos os envelopes. O edital de concessão de uso do espaço foi relançado pela Prefeitura de Foz do Iguaçu, depois de alguns ajustes.

Foto: Ilustração
Empresa poderá administrar o atrativo por 20 anos, renovável por mais 20

A empresa que apresentar a melhor proposta deverá implantar e depois operar o novo atrativo, por um prazo de 20 anos, renovável por mais 20. A previsão é que o espaço receba entre 400 mil e 500 mil visitantes por ano.

Os envelopes com as propostas serão recebidos e abertos no dia 2 de junho, às 9h. A visita técnica ao Marco das Três Fronteiras poderá ser agendada previamente para o dia 27 ou 29 de maio. A retirada do edital deve ser feita na Secretaria Municipal de Turismo, mediante pagamento de taxa de R$ 100 e apresentação de uma autorização, obtida pelo e-mail leandro.lvh@pmfi.pr.gov.br.

Alterações – O edital, lançado no ano passado, foi retirado por onze empresas, antes de o processo ser suspenso, por causa de várias dúvidas levantadas pelas participantes. Depois de sanadas as questões, o edital foi relançado. “As alterações foram feitas no sentido de tornarmos a licitação mais atraente”, explicou o secretário municipal de Turismo, Paulo Tremarin.

O atrativo fica próximo do local onde será construída a segunda ponte sobre o Rio Paraná, ligando Foz do Iguaçu a Presidente Franco, no Paraguai. Com 760 metros de comprimento e 19 de largura, a futura ponte, que será do tipo estaiada, tirará da Ponte da Amizade – entre Foz e Ciudad del Este – o tráfego de veículos pesados.

Revitalização – O edital de concessão prevê que será vencedora a empresa que combinar “os critérios de maior oferta pela outorga da concessão de uso com o de melhor técnica”, ficando responsável pela “implantação, operação, administração, manutenção, conservação, vigilância, modernização e desenvolvimento turístico” na área.

O Marco das Três Fronteiras e o Espaço das Américas, hoje pouco procurados pelos turistas, deverão se transformar num dos maiores atrativos de Foz do Iguaçu. Ali, na confluência dos rios Iguaçu e Paraná, há o encontro de três países – Brasil, Paraguai e Argentina -, cada um com o respectivo marco para indicar sua fronteira.

Projeto – A empresa vencedora deverá implantar em toda a área um projeto desenvolvido pelo Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu – Fundo Iguaçu, que também contribuiu com os estudos para a formatação do edital de concessão do espaço à iniciativa privada.

Pelo projeto do Fundo Iguaçu, o Marco das Três Fronteiras ganhará passarelas aéreas, que interligarão torres com até 60 metros de altura, de concreto e metal, no formato de árvores. Em cada torre, além da simples observação da paisagem, poderão ser desenvolvidas atividades como arborismo e escalada.

O Espaço das Américas, uma construção que hoje está praticamente abandonada, funcionarão um restaurante panorâmico, um centro cultural e de eventos. O projeto prevê também a criação de um show de águas dançantes e projeção de imagens em cortina de água na confluência dos rios Paraná e Iguaçu.

Os visitantes contarão ainda com playground, lojas de souvenires, mirantes e decks na área do Marco das Três Fronteiras, além de um bicicletário, de um píer para passeios de barco no Rio Paraná, decks, mirantes, um memorial e um café, entre outros atrativos.

Parceria – “Fizemos um trabalho em parceria, que envolveu a contratação de consultoria especializada, contratada pelo Fundo Iguaçu, e a equipe comandada pela procuradora municipal Letizia Jimenez Abbate Fiala, pelo Leandro Vandré Heineck, da Secretaria Municipal de Turismo, e também pelo professor José Borges Bonfim Filho. Esperamos, agora, que as empresas interessadas participem da licitação e possamos revitalizar o Marco das Três Fronteiras e o Espaço das Américas, pois acreditamos que, juntos, esse dois espaços possuem um grande potencial turístico”, afirma o presidente do Fundo Iguaçu e superintendente de Comunicação Social da Itaipu, Gilmar Piolla.

Um dos aspectos interessantes do edital, segundo ele, é que os moradores de Foz do Iguaçu terão acesso livre ao espaço, mediante cadastramento prévio. “O que será pago serão os passeios nos atrativos (torres), o estacionamento e o consumo na loja de souvenires, café e restaurante”, informa.

 
 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz