contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Congresso indica rumos para jornalistas do Paraná Sexta edição do evento deliberou sobre temas relevantes à categoria no estado

Sexta edição do evento deliberou sobre temas relevantes à categoria no estado


Por:

Publicado em:

Fotos: Marcos Labanca
6º Congresso Paranaense de Jornalistas aconteceu em um hotel, no centro de Foz do Iguaçu

A votação de teses que nortearão o trabalho do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná encerrou o 6º Congresso Paranaense no domingo (8). Os delegados aprovaram propostas contra a precarização do trabalho da classe, em prol da formação superior para um jornalismo mais democrático, reivindicações a ser inseridas na Convenção Coletiva 2009/2010, e a filiação do Sindijor à Central Única dos Trabalhadores (CUT).

O evento foi promovido pelo Sindijor e pela Subseção de Foz do Iguaçu e Região de 6 e 8 de agosto. Cerca de 190 pessoas se inscreveram, entre profissionais e estudantes de várias cidades do estado.

A abertura do congresso ocorreu com a palestra do professor Venício Lima, da UnB, “Conjuntura política, democratização da comunicação e o desafio do jornalista no momento dessa transformação”. Lima também lançou o livro Liberdade de expressão x Liberdade de imprensa.

O convidado falou sobre as disputas envolvendo os donos da mídia e os movimentos sociais durante a Confecom (Conferência Nacional de Comunicação) e o lançamento do 3º Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH). “A estratégia da mídia é satanizar essas propostas, que estão dentro da Constituição de 1988”, afirmou Lima.

Importância — O evento foi aprovado pelos participantes, que destacaram a relevância dos assuntos em pauta, bem como o trabalho da Subseção de Foz. Para o vice-presidente regional, Wemerson Augusto, o esforço da única regional do Sindijor Paraná em atividade no interior foi recompensado.

“A participação dos profissionais e estudantes da regional de Foz do Iguaçu foi excelente. Isso demonstra que é possível mobilizar os jornalistas e, quando queremos, conseguimos mudar a realidade. Apesar de todas as dificuldades, o resultado foi muito positivo”, ressaltou Wemerson.

Para o presidente do Sindijor, Márcio Rodrigues, os diretores da regional, bem como os funcionários da entidade, mostraram enorme desprendimento e dedicação para garantir a realização do 6º Congresso Paranaense de Jornalistas.

Já o superintendente de Comunicação Social da Itaipu Binacional, Gilmar Piolla, considera eventos como o congresso importantes para refletir a realidade da categoria e superar as bandeiras de luta que perduram há anos.

Programação — A maior parte das atividades foi realizada no sábado (7), com duas mesas de debate. A primeira reuniu os professores Sérgio Gadini (UEPG) e Mário Messagi Júnior (UFPR), que abordaram “A formação leva a um jornalismo plural e democrático?”. Em seguida, o tema “Democratização da Comunicação” foi explorado por Carina Pacolla (Sindicato de Londrina) e Elson Faxina (UFPR e TV Educativa).


Congresso reuniu diversos jornalistas da cidade

Durante a tarde foram desenvolvidas quatro oficinas: “O Fotojornalista: o free lancer na Copa”, ministrada por Rodolfo Büerher; “Assessoria de imprensa e gerenciamento de crise”, por Sulamita Mendes e Karin Villatore; “Fórum de periodismo na fronteira — a troca de experiências”, por Denise Paro, Sônia Mendonça e Mariana Ladaga; e “Novas mídias: ferramentas digitais e a cobertura dos poderes no Brasil”, por André Deak.

O Congresso contou com a participação da Guatá, que organizou uma banca de livros com temas ligados à comunicação e publicações alternativas, como as revistas Escrita, Coyote e Taturana. Outra iniciativa da associação foi a amostra Retratos de Foz, e a distribuição do material do Tirando de Letra, projeto de popularização da leitura que recentemente foi classificado como de “Mídia Livre” pelo Ministério da Cultura.

Grupos de trabalho  — No sábado, os profissionais e estudandes se dividiram em grupos de trabalho, cujos temas foram: “Formação Superior + Estágio + Novas Matrizes Curriculares + Novos Desafios para Graduação”; “Condições de Trabalho + Filiação à Central Única dos Trabalhadores”; “Análise da Conjuntura + Democratização da Comunicação + Eleições 2010”; “Assessoria de Imprensa”.

Esses GTs analisaram e propuseram mudanças nas teses enviadas para discussão no 6º Congresso. As proposições foram votadas na plenária final, no domingo (8), quando também foi realizada a Assembleia-Geral Extraordinária para definir a pauta da Convenção Coletiva de Trabalho e eleger os delegados ao 34º Congresso Nacional dos Jornalistas.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz