Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2018 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Consumo de açúcar na Itaipu Binacional pode cair até 18 toneladas em 2013 O volume de 18 toneladas é uma projeção feita após um projeto-piloto implantado no Escritório Central de 3 a 6 de setembro

O volume de 18 toneladas é uma projeção feita após um projeto-piloto implantado no Escritório Central de 3 a 6 de setembro


Por:

Publicado em:

 

Os empregados e colaboradores da margem brasileira de Itaipu vão deixar de consumir 18 toneladas de açúcar em 2013. O número parece alto demais, mas é exatamente essa a intenção da Divisão de Serviços Gerais (SGSS.AD), que começou em setembro um programa ao mesmo tempo simples e eficiente: em vez de adoçar as garrafas de café e chá servidas na usina, como ocorre hoje, o setor pretende oferecer ao empregado sachês de açúcar e de adoçante para que ele mesmo faça a opção entre o produto mais saudável e o mais calórico.

 

JIE
Candida Strey degusta o cafezinho da tarde. “O principal impacto desta mudança é na saúde".

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   
 
  
 
O volume de 18 toneladas é uma projeção feita após um projeto-piloto implantado no Escritório Central de 3 a 6 de setembro. De acordo com o gerente da SGSS.AD, Divan Saraiva da Cruz, cestas com sachê de açúcar e adoçante foram distribuídas nos corredores e carrinhos levados pelas copeiras. No período, nenhuma gota de café ou chá foi adoçada. A garrafa de café amargo, hoje exceção solitária nos corredores da empresa, virou regra.
 
Depois de apenas quatro dias, o resultado da experiência surpreendeu: o consumo médio de açúcar despencou de 9 quilos por dia para apenas 1,250 quilo do produto em sachê – e mais 250 gramas de sachê de adoçante. De quebra, o gasto com café também caiu: de 5 quilos diários para 3,5 quilos. Isso representa uma garrafa de café a menos em cada um dos cinco pontos de distribuição do Escritório Central.
   
Aí foi só relacionar o resultado aos números gerais da Itaipu. De acordo com Divan, em toda a usina o consumo de café no ano é de 28 toneladas, com média per capita de 9,05 quilos (números de 2011). Se o mesmo padrão de economia observado no Escritório Central for repetido nas outras áreas, será possível baixar o consumo do açúcar para 10 toneladas por ano – ou seja, 18 mil quilos a menos do produto.
 
Com o apoio da Superintendência de Materiais (MT.DF), a experiência do Escritório Central agora será repetida em outras seis áreas da empresa: Centro Executivo, Almoxarifado, Segurança Empresarial, Informática e Shumódromo. E será já na próxima semana, de 17 a 21 de setembro. 
 
JIE/Itaipu
Divan Saraiva da Cruz, gerente da SGSS.AD: medida trará "cadeia de reflexos positivos".

 

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Categorias

Logo do ClickFoz