contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Curitibano vence o Itaipu Ironman 70.3 Brasil Paraguay Bruno Joaquim ainda estabeleceu novo recorde para a prova

Bruno Joaquim ainda estabeleceu novo recorde para a prova


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

 
O curitibano Bruno Joaquim, de 31 anos, venceu a segunda edição do Itaipu Ironman 70.3 Brasil Paraguay, no último sábado, 27, com o tempo de 4 horas e 7 minutos cravados, estabelecendo um novo recorde para a etapa. A única etapa binacional do Circuito Mundial Ironman foi disputada por 530 atletas, de 18 nacionalidades. Pelo segundo ano consecutivo, os 1,9 km de natação, 90,1 km de ciclismo e 21,1 km de corrida foram percorridos totalmente dentro da usina de Itaipu. A largada aconteceu na margem paraguaia, em Hernandárias, e a chegada, no lado brasileiro, em Foz do Iguaçu. Cerca de 2 mil pessoas assistiram à prova.

A marca de Joaquim foi melhor que a do vencedor da primeira edição, em 2015, quando o potiguar Cid Florêncio Barbosa chegou em primeiro com o tempo de 4 horas, 22 minutos e 49 segundos.

“Foi uma prova muito dura, principalmente na parte da corrida, pois estava muito quente”, ressaltou Joaquim, para quem o calor – de mais de 30º – foi o maior obstáculo. A vitória na Itaipu foi a primeira do curitibano em uma etapa do circuito. Foi também a sua estreia na binacional, para onde pretende voltar. “A prova foi muito bem organizada e os atletas tiveram grande apoio da torcida. Quero competir aqui novamente”, afirmou.

O cenário foi inspirador: foi a primeira vez que os atletas disputaram a prova com o vertedouro aberto. Pela manhã, a vazão era de 1.400 metros cúbicos de água por segundo – o equivalente à vazão média das Cataratas do Iguaçu.

O pódio foi completado por Marcos Farias, que cruzou a linha de chegada no segundo lugar com o tempo de 4 horas, 11 minutos e 53 segundos, e Thiago Menuci, com 4 horas, 14 minutos e 11 segundos. No feminino, a santista Rosecler Costa completou o desafio em 4 horas, 41 minutos e 1 segundo. Na sequência, Maria Cecília Carvalho concluiu com o tempo de 4 horas, 43 minutos e 31 segundos. Na terceira posição ficou Claudia Dumont, com 4 horas, 46 minutos e 57 segundos.

Acompanharam o evento o diretor-geral paraguaio da Itaipu, James Spalding; o diretor administrativo executivo, Carlos Paris; o diretor de Coordenação executivo, Pedro Domaniczky Lanik; o conselheiro paraguaio Osvaldo Roman; o superintendente de Comunicação Social da margem brasileira, Gilmar Piolla; e a assessora de Comunicação Social da margem paraguaia, Teresa Narvaja.

Spalding elogiou a estrutura da prova e a oportunidade de mais uma vez receber uma edição binacional do circuito. Segundo o diretor, o clima ajudou, já que fez bastante sol, e o público compareceu. “Estamos muito contentes em apoiar esse e outros eventos desse porte, que possam ajudar a alavancar o turismo de toda a nossa região.”

Com 450 homens, 80 mulheres e um cadeirante, esta foi a mais inclusiva das etapas do Itaipu Ironman.

Próximo Ironman – No domingo, 28, o superintendente de Comunicação Social da Itaipu, Gilmar Piolla, participou da cerimônia de premiação, entregou troféus e também anunciou a data do próximo Itaipu Ironman 70.3 Brasil Paraguay: 26 de agosto de 2017 – último sábado do mês, a exemplo das duas primeiras edições do evento na usina.

Equipes – Novidade da edição deste ano do Itaipu Ironman 70.3 Brasil Paraguay, a categoria revezamento permitiu que equipes formadas por dois ou três atletas disputassem a prova. Até então, a participação era apenas individual. A nova categoria facilitou e ampliou a participação de atletas das três modalidades (natação, ciclismo e corrida), uma vez que permitiu que se optasse por sua especialidade. No fim de cada percurso, os atletas revezaram a tornozeleira com chip. Nas equipes de dois competidores, um deles teve que cumprir o percurso de duas modalidades.

Outras etapas – Cinco provas estão no calendário anual do Ironman no Brasil. Além da etapa de Itaipu, Palmas (TO), Florianópolis (SC), Rio de Janeiro (RJ) e Fortaleza (CE) também recebem a competição. A organização é da Unlimited Sports e a realização, da Associação Brasileira Esportiva Social e Cultural Endurance (ABEE).

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Parceria

Categorias

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana
Logo do ClickFoz