contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Da coleção ao mundo dos negócios Iguaçuense já teve mais de 180 máquinas de lavar e agora é "guru" dos eletrodomésticos

Iguaçuense já teve mais de 180 máquinas de lavar e agora é "guru" dos eletrodomésticos


Por: Leca

Publicado em:

Tem gente que coleciona cartões telefônicos. Os filatelistas são apaixonados por selos e envelopes. Já vi meninas com a casa cheia de bonecas. E, certa vez, li sobre um maluco que juntava meias e artigos para calçados há mais de trinta anos.

A questão é que coleções não foram feitas para serem explicadas. Só quem as tem é que sabe o por que e o valor que os objetos tem. Algumas serão normais. Outras, exóticas. Algumas, diferentes. E há, ainda, as interessantes.

Deixo à seu critério catalogar a coleção de Thomas Ortega. Ele é chef de cozinha, professor de línguas estrangeiras e instrutor de fitness – um verdadeiro bombril, como ele mesmo brincou. E o que ele coleciona? Máquinas de lavar.
 

Foto: Arquivo Pessoal
Thomas Ortega já teve mais de 180 máquinas de lavar e agora é "guru" dos eletrodomésticos

"Eu não sei precisar exatamente quando começou essa paixão, mas, eu era muito pequeno. Lembro que arrastava uma cadeira para a frente da lavadora da minha mãe, uma Bendix Economat, para observar a lavagem, encantado com os ruídos e o movimento. Quando eu tinha cerca de 4, 5 anos, meu passeio favorito era em lojas próximas à agência do meu pai, na Av. Brasil", conta.

Em seus … anos de vida (fui ameaçada caso divulgasse esse número!), Thomas já teve 187 máquinas (lavadoras, secadoras, centrífugas e lava-louças). A primeira unidade registrada foi uma lavadora Mueller Nina, comprada no final de 1994. "Atualmente possuo 14 unidades em acervo operacional e uma unidade em acervo histórico. A diferença entre eles é que o acervo operacional é utilizado periodicamente e o histórico não é usado para não haver desgaste natural das peças".

Até que a história da coleção cresceu. Não em número, mas em ideia. "Por causa da minha coleção, era natural que pessoas próximas me pedissem orientação antes de comprar um eletrodoméstico. Com o surgimento das redes sociais, a demanda cresceu bastante. Tornei-me conhecido por causa da coleção e pessoas de todo o Brasil e até algumas pessoas de fora passaram a me procurar em busca de indicações", explica.

Foto: Arquivo Pessoal
Hoje, Thomas tem site avaliando eletrodomésticos

Com o alto número de variedades, comprar uma máquina de lavar ou qualquer outro eletrodoméstico tornou-se uma verdadeira missão para os consumidores. E, nesse contexto confuso, uma mãozinha de quem entende do assunto sempre vem a calhar.

"Mudei meu foco. Passei a estudar os consumidores e descobri que existe uma infinidade de perfis diferentes de consumo e fui percebendo que cada modelo se encaixa em um tipo diferente de perfil. Atualmente não existe eletrodoméstico "ruim". Porém, existem escolhas erradas por parte dos consumidores, que muitas vezes se orientam somente pelo preço na hora de comprar e acabam levando pra casa um produto que não vai conseguir atingir e satisfazer suas necessidades específicas".

A demanda cresceu tanto que o "Guru" se viu sem saída: para tentar agradar gregos e troianos, criou o site Thomas Testando. "Criamos o serviço de review fechado, onde os fabricantes pagam para terem seus produtos testados de forma confidencial. A aceitação foi imediata e em menos de um ano já foi possível notar a diferença: Os fabricantes tem um custo bem mais reduzido para testar seus produtos e isso os permite reduzir o preço final do produto sem afetar negativamente o lucro da empresa. Modelos testados pelo Thomas Testando chegam ao mercado custando menos para o consumidor final".

O site ainda é provisório, mas já existe uma equipe trabalhando no upgrade no design. A profissionalização, aos poucos, começa a dar lugar ao que começou por acaso. "Os vídeos, que originalmente eram gravados usando um simples celular, agora são produzidos por  cinegrafistas profissionais e dois jornalistas entraram para equipe pra produzir nossos textos com mais qualidade".

A meta para 2014 é inaugurar o laboratório exclusivo para ensaios destrutivos e testes de durabilidade. E, ainda no primeiro semestre, a empresa irá contratar um engenheiro mecânico e um engenheiro elétrico.

E você? Coleciona algo?

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz