contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Educação em Foz do Iguaçu

Dona Nena ganhará ateliê-escola em Foz do Iguaçu Idosa, que estudava com crianças em escola do município, agora terá espaço educacional em casa

Idosa, que estudava com crianças em escola do município, agora terá espaço educacional em casa


Por: Assessoria

Publicado em:

Foto: Arquivo Pessoal

Depois de oito meses de planejamento, o grupo de voluntários que apoia dona Nena para que ela não desista do sonho de estudar vai conseguir tirar do papel o projeto do Ateliê-Escola Dona Nena. As obras começam neste sábado, 21, às 8h, na casa dela (Rua Madalena Sotelo, Bairro porto Belo, Foz do Iguaçu). A ação vai ser possível graças à parceria com duas grandes empresas de Foz do Iguaçu: Panorama Home Center e Tarobá Construções, que se engajaram com a proposta de transformar a vida de idosos analfabetos, como dona Nena. Além disso, muitos moradores de Foz do Iguaçu ofereceram todo tipo de ajuda e de doações.

Lembra da dona Nena?

Durante uma vida, dona Nena carregou sozinha o sonho de aprender a ler e a escrever. Não teve apoio dos pais, nem do marido. Aos 65 anos, quando decidiu pedir um “estudinho” na Escola Municipal Monteiro Lobato, no bairro onde vive, em Foz, ganhou uma legião de admiradores. Ela dividiu a classe com crianças de 5 e 6 anos por cerca de dois meses, no fim do ano passado. Só que, em janeiro deste ano, foi impedida de voltar à escola primária por questões burocráticas. O drama de seguir a vida sem desvendar o que está escrito nos letreiros dos ônibus, nos rótulos dos produtos, nos eletrodomésticos, nas receitas, entristeceu a idosa que emocionou os brasileiros ao ter sua história compartilhada milhares de vezes em redes sociais, além de ser retratada em reportagens de jornais e programas de TV de abrangência nacional.

Foto: Projeto

Recomeço

Quando souberam do drama de dona Nena, os coordenadores dos cursos de Arquitetura e Pedagogia da Faculdade Uniamérica (Alexandre Balthazar e Thuinie Daros) idealizaram oAteliê-Escola Dona Nena – numa peça que já existe na frente da casa dela. Acadêmicos desenvolveram o projeto arquitetônico, sob a orientação do professor José Luiz Melhado. O lugar será usado para que dona Nena produza artesanato durante o dia (bonecas de pano, patchwork, panos de prato…) e aprenda a ler e a escrever nos fins de tarde. “Será um espaço multiúso e de transformação social,” frisa o arquiteto e coordenador do curso de Arquitetura, Alexandre Balthazar. A colega pedagoga, Thuinie Daros complementa: “Além dela, outros vizinhos analfabetos poderão ser alfabetizados aqui. É um método replicável.

Programa de Alfabetização Dona Nena

A estudante de pedagogia, Daniele Antunes desenvolveu, voluntariamente e sob as orientações de Thuinie Daros, o método inédito e personalizado para que ela aprendesse a ler. A acadêmica identifica temas relacionados ao dia a dia de dona Nena para facilitar e acelerar o aprendizado. As aulas são uma vez por semana. Em oito meses, dona Nena já é capaz de “decifrar” algumas palavras. Esse mesmo método poderá ser aplicado para outros idosos analfabetos assim que o Ateliê-Escola estiver pronto. Até cinco pessoas poderão frequentar as aulas ao mesmo tempo.

A obra

A Panorama Home Center doou grande parte do material de construção que será usado na obra. A coordenação dos trabalhos de campo ficou por conta da Tarobá Construções, que também fará a doação de materiais e irá ceder engenheiros para acompanharem o andamento. Quem vai botar a mão na massa, de verdade, será um grupo de voluntários coordenados pelo mestre de obras, Rildo de Paula – que também presta serviços para a construtora (e voltou a estudar depois de 35 anos). “Quando fiquei sabendo da história da dona Nena,” comentou, “achei muito interessante, porque, normalmente, quando a pessoa se aposenta, fica sem ter o que fazer. Ela é diferente, quer ocupar a mente e nós vamos ajudá-la!” Rildo e uma equipe de quase dez operários vão iniciar os trabalhos neste sábado (21), às 8h. As empreitadas serão sempre aos sábados, porque é o dia de folga dos voluntários. O objetivo é finalizar o Ateliê-Escola Dona Nena em, no máximo, três sábados de trabalho. Com a obra pronta, faltará instalar o mobiliário, cadastrar os alunos e acompanhar vidas sendo transformadas graças ao esforço de um grupo de mais de 30 voluntários e parceiros.

Recomendado para você

Anúncio

Promoção natal ACIFI

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz