contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Duplicação diminui em 38% os acidentes entre Medianeira e Matelândia Dados foram divulgados nesta terça-feira, 24, pela concessionária Ecocataratas

Dados foram divulgados nesta terça-feira, 24, pela concessionária Ecocataratas


Por: Leca

Publicado em:

O número de acidentes registrados no trecho da BR-277 entre Medianeira e Matelândia, na região oeste do Estado, diminuiu 38,1% após a duplicação. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (24) pela concessionária Ecocataratas e compara de janeiro a agosto de 2011 ao mesmo período deste ano. Foram registrados 76 e 47 acidentes, respectivamente.

O estudo aponta que a redução no número de vítimas é ainda maior: 77,8%. O número de vítimas fatais caiu de 5 para 1. “Em pista simples a gravidade dos acidentes é muito maior, pois qualquer deslize pode ocasionar numa colisão frontal de grave risco. O maior ganho com essa duplicação é a segurança”, analisa o diretor-superintendente da Ecocataratas, Jeancarlos Mezzomo.

Foto: Arnaldo Alves / ANPr
Duplicação da BR 277 entre Matelandia e Medianeira.

Foram duplicados 14,4 quilômetros de rodovia (entre os km 660 e 674). Uma parte da pista foi liberada em dezembro do ano passado e a outra em julho deste ano. A duplicação faz parte do programa de modernização do Anel de Integração, do Governo do Paraná. É uma antiga reivindicação da população pelo elevado tráfego de veículos – cerca de 13 mil veículos passam por ali todos os dias – e o alto índice de acidentes.

A obra teve investimento de R$ 49,3 milhões e foi executada em parceria do Governo do Estado com a concessionária Ecocataratas. Foram construídas quatro trincheiras e alargado um viaduto no perímetro urbano de Medianeira.

Continuação da Duplicação – A duplicação de todo o trecho que liga Cascavel a Foz do Iguaçu é uma necessidade antiga da região e está acontecendo por etapas.

Os próximos lotes, que estão em estudo pelo governo estadual e a Ecocataratas, são: Lote 2A – do km 660 ao km 665, duplicando toda a área urbana de Matelândia; e o Lote 6B, do km 574 ao km 584, entre o Trevo Cataratas até próximo a Ferroeste, na saída de Cascavel para Curitiba. O investimento será de aproximadamente R$ 98 milhões.

Os projetos preveem também a construção de três passarelas para pedestres. “Assim como a duplicação entre Medianeira e Matelândia, são dois trechos prioritários pelo grande fluxo de veículos e desenvolvimento que terá essa saída de Cascavel, onde muitas indústrias devem se instalar. Antecipamos o desenvolvimento”, afirmou Jeancarlos Mezzomo.

Recomendado para você

Anúncio

Promoção natal ACIFI

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz