contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Em Foz do Iguaçu Lula fala em avanços na equidade de gênero No primeiro dia da visita a Foz do Iguaçu, presidente comentou sobre engajamento nas políticas de igualdade entre homens e mulheres na sociedade

No primeiro dia da visita a Foz do Iguaçu, presidente comentou sobre engajamento nas políticas de igualdade entre homens e mulheres na sociedade


Por: Garon Piceli

Publicado em:

O presidente Lula está em Foz do Iguaçu cumprindo uma extensa agenda. Entre os eventos, participou da abertura do II Encontro do II Ciclo de Encontros Regionais para o Fortalecimento da Equidade de Gênero no Mundo do Trabalho – Gênero, Desenvolvimento e Poder. Estiveram presentes na quinta-feira (1º) oito ministros do governo, com destaque para Nilcéia Freira, da secretaria de Políticas para as Mulheres, e representantes das empresas responsáveis pelo selo Pró-equidade de gênero, encabeçado pelo setor elétrico governamental, Petrobrás, Eletrobrás e Itaipu Binacional.

Lula levantou um questionamento sobre a mulher no mercado de trabalho empresarial e governamental, dando foco para a desigualdade de gênero falando que essa situação não cabe no Brasil do século XXI. Segundo o presidente, os trabalhos realizados para o equilíbrio da mulher com o homem no campo empresarial estão sendo realizados desde 2003 com a criação da pasta que ocupa a ministra Nilcéia.

Foto: Garon Piceli
Em discurso aspirante à campanha política, Lula afirmou: "Quem vier depois de mim fará um trabalho melhor"

Bem humorado depois de seu discurso, Lula desafiou Paulo Bernardo, o governador do Paraná, Orlando Pessuti e o ministro da Saúde, José Gomes Temporão a realizarem trabalhos domésticos desempenhados pelas mulheres, “que quando realizam atividades domesticas falam para o IBGE que não trabalham, e ao contrário são elas que ao cumprirem jornada dupla se sacrificam em casa par manter tudo em ordem” disse e provocou, “Vocês poderiam pelo menos fazer em uma semana o que as mulheres realizam?”.

“O trabalho doméstico é uma coisa chata para caramba” disparou, “uma mesmice, todo o dia a mesma coisa. Elas merecem uma ascensão profissional e essa aceitação deve estar na cultura da sociedade” discursou Lula.

O selo de igualdade de gênero já envolve 72 empresas públicas e privadas que juntamente com organizações não governamentais empregam milhares de mulheres e lutam para o empate entre os sexos no trabalho.

Na abertura do evento, Lula ainda destacou 46 medidas tomadas em seu governo, como a Lei Maria da Penha e a ampliação da licença maternidade, mas explanou sobre a necessidade da mudança cultural para a perseverança da mulher em questões complicadas. "Eu penso que a igualdade que a mulher está conquistando em nosso país ainda está longe de ser concretizada, embora esteja na nossa constituição que todos devem ser tratados de maneiras iguais, não é um problema só brasileiro, mas está presente em todas as culturas, isso já dura milênios, a mulher é tratada com o sexo frágil, não é a lei que resolve isso, mas o comportamento das pessoas dentro de casa, de um companheiro e da família toda” finalizou.

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz