contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Em Foz do Iguaçu vereadores são contrários, mas parquímetro já está em funcionamento Câmara reprovou em duas discussões a utilização do serviço, porém o sistema é legal desde 2000

Câmara reprovou em duas discussões a utilização do serviço, porém o sistema é legal desde 2000


Por: Garon Piceli

Publicado em:

Na sessão da Câmara Municipal de Foz do Iguaçu de quinta-feira (12) foi reprovado em 2ª discussão pelos vereadores Edson Narizão (DEM), Beltrame, Maninho, Beni, Mogênio, Edílio, Zé Carlos, Braiz de Moura (PSC) e Rodrigo Cabral (PSB), o Projeto de Lei (PL) de autoria do prefeito Paulo Mac Donald, que regulamenta o uso dos parquímetros. Mesmo sendo arquivado o PL da regulamentação, esse sistema já é legal desde 2000. O prefeito terá apenas que apresentar uma nova proposta para que os parquímetros sejam validados.

 
Com a reprovação desse PL a alteração do horário do uso feito a pedido da ACIFI também não sofre mudança.
 

O estranho dessa situação foi que, os vereadores de apoio ao Executivo foram que incentivaram a reprovação do PL, revelou o vereador do PSC, Sergio Betrame. “Eles pediram para que nós votássemos contra. Havia também um representante do Sindicato dos comerciários que apontou falhas no Projeto e irregularidades no modo da utilização”.

AMN
Com a implantação do dispositivo, segundo Foztrans, mais vagas serão destinadas ao estacionamento rotativo
 

$(function(){
// esconde o conteúdo de “saiba mais” que fica no rodape da pagina
$(‘div#contentcolumn .relacionada’).hide();
// armazena o conteudo da div
var contentDivSaibaMais = $(‘div#contentcolumn .relacionada’).html();
$(‘div#contentcolumn .new-div-relacionada’).html(contentDivSaibaMais);
});

Desrespeito – Beltrame ainda culpa a falha atitude do Executivo ao implantar o sistema de estacionamento e depois mandar o Projeto para a avaliação do Legislativo. “Isso demonstra a incapacidade de uma gestão  planejada”, diz Beltrame.

Mesmo os vereadores sendo contrários a regulamentação do sistema de estacionamento, os parquímetros já estão instalados e o Instituto de Transporte e do Trânsito de Foz do Iguaçu (FozTrans) já começou a avaliar o estacionamento rotativo na área central da cidade, com a instalação do equipamento, inicialmente em toda a extensão da avenida Brasil. 
 
Parquímetro – A alegação da prefeitura para a instalação dos equipamentos é que deverá acabar com as reclamações dos usuários. Até que a população se acostume com o novo sistema do estacionamento rotativo, os cartões continuam sendo comercializados pelas orientadoras, que também fiscalizam o uso das máquinas e seguem multando os motoristas desatentos.  Para o engenheiro do Foztrans, Ali Safadi, “muita gente já está fazendo uso das máquinas, o que é positivo. Elas são fáceis de usar. Basta colocar uma moeda e fica definido o tempo de uso”, disse.
 
Usuários do estacionamento da avenida Brasil estão inseguros sobre a utilização do sistema. Maria das Dores, aposentada, conta que o sistema também era utilizado no centro comercial de Cidade do Leste, mas com a falta de fiscalização os equipamentos eram alvos de depredação, o que levou a ruína do aparelhos. “O que pode acontecer também em Foz do Iguaçu”, comenta.
 
A implantação do sistema automático é apenas para a área central e não se estende aos bairros, embora os lojistas da Vila Portes reivindiquem a implantação do Estarfi também naquele bairro, devido ao grande número de carros que estacionam e seguem para o Paraguai, dificultando a chegada dos clientes. A ideia do Foztrans é cobrir a área da Zona Azul, que cobre todas as ruas transversais entra a JK e a Almirante Barroso.
 
O parquímetro está sendo colocado próximo as veículos, cobrindo de 4 a 8 vagas. Todas as vagas terão numeração, com fixação no meio-fio. A operacionalização do sistema é simples: O motorista estaciona o veículo, dirige-se ao aparelho e aciona a vaga que ele ocupou, encostando o cartão/button ou colocando a moeda com valor correspondente ao tempo de permanência. Uma luz no equipamento sinalizará que a vaga está ocupada. O tempo máximo para uso de cada vaga será de duas horas, com um período de tolerância que ainda será definido nos próximos dias, mas que deve girar em torno de 5 a 10 minutos.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz