contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Estelionatários são presos pela Polícia Civil em Foz do Iguaçu Quadrilha "vendia" imóveis de pessoas que não residem mais na cidade

Quadrilha "vendia" imóveis de pessoas que não residem mais na cidade


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Desde o inicio do mês de novembro, a Polícia Civil, por intermédio do seu setor de estelionato, vem investigando uma quadrilha especializada em transferência de imóveis em Foz do Iguaçu de propriedade de pessoas que não mais vivem na cidade.

"O golpe funcionava da seguinte forma: Os estelionatários fraudavam uma cópia da matricula do imóvel em um cartório suspeito de participação no esquema, e com essa cópia falsa, iam até um novo cartório e conseguiam atualizar a matricula, já com o nome da vitima compradora", informou o delegado geral do 6ª S.D.P, Alexandre Macorin.

No início da tarde desta quarta feira, 25, os investigadores foram informados que uma nova área de terra seria vendida pela quantia de R$ 100.000 (cem mil reais) e a transferência seria feita em um cartório na cidade de Santa Terezinha do Itaipu. Os policiais civis foram para o local marcado e após campana, abordaram três pessoas. Depois de verificar a documentação de posse da quadrilha, os servidores efetuaram a prisão dos autores do golpe.

Foram presos, um advogado de 60 anos o qual articulava o golpe, bem como toda a documentação falsa. Um homem de 47 anos que se passava como proprietário dos imóveis e um terceiro homem de 52 anos que fazia a função de "intermediador" dos negócios. 

O delegado operacional do G.D.E, Luis Rogério Sodré, disse que as investigações não terminaram com as prisões. "Temos informações que os acusados teriam praticado outras vezes este golpe em Foz do Iguaçu, o que agora é objeto de investigação", informou o delegado.

Os acusados responderão pelos crimes de associação criminosa, uso de documento falso e estelionato. Após prestar depoimento, os três foram encaminhados a Cadeia Pública onde ficarão à disposição da Justiça.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz