Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Estúdio de tatuagem clandestino é fechado em Foz do Iguaçu


Por: Garon Piceli

Publicado em:

No inicio da tarde desta segunda-feira, 02, compareceu ao plantão da 6ª S.D.P, um homem para prestar queixa crime à Polícia Civil a respeito de um estúdio de tatuagens localizado na região de Três Lagoas, pois o mesmo teria feito uma tatuagem em uma adolescente de 13 anos sem sua autorização.

Diante do fato, o delegado adjunto, Dr. Geraldo Evangelista, expediu ordem de serviço para equipe Alpha/G.D.E ir até o estúdio verificar as condições do estabelecimento. No local, os policiais constataram que o estúdio não possuía alvará de funcionamento, e os materiais utilizados não estavam de acordo com regulamentação da ANVISA, sendo assim, o proprietário Willian Campos foi conduzido a delegacia para prestar esclarecimentos.
 

 
No material utilizado pelo tatuador foram encontradas tintas da marca INTENZE proibidas conforme resolução publicada pela ANVISA no Diário Oficial da União. Wilian foi ouvido e liberado, mas responderá pelo crime de lesão corporal, além de penas administrativas.

"Os estúdios clandestinos ocasionam diversos problemas, entre eles trabalho mal feito por falta de especialização e estudo, material não esterilizado, materiais de péssima qualidade ou procedência duvidosa, e transmissão de doenças contagiosas, como hepatite C, sífilis, a tuberculose e possivelmente o vírus HIV", explicou o delegado.

Em depoimento Willian alegou desconhecer a verdadeira idade da adolescente, o que para o delegado não o isenta da responsabilidade. "A autorização de tatuar dada pelo menor de 14 anos é inexistente e, em consequência, o tatuador será responsabilizado civil e penalmente. Para isentar sua responsabilidade, deveria ele ter solicitado autorização do responsável legal, independentemente do querer da menor", ressalta o delegado.

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz