contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu já tem 10 entidades cadastradas no Pontos de Cultura Um novo edital deve ser aberto em 2013, para o preenchimento dos quatro pontos restantes

Um novo edital deve ser aberto em 2013, para o preenchimento dos quatro pontos restantes


Por:

Publicado em:

 

Dez entidades foram selecionadas no edital de chamamento da Prefeitura para o projeto Rede de Pontos de Cultura. Dezesseis se inscreveram no processo que selecionaria catorze instituições. Apenas dez atingiram a pontuação de avaliação. Um novo edital deve ser aberto no próximo ano, para o preenchimento dos quatro pontos restantes.

 

O projeto Rede de Pontos de Cultura é um programa do Ministério da Cultura – Mais Cultura e Cultura Viva, que apoia projetos culturais com repasse de recursos financeiros. O objetivo é estimular s iniciativas culturais já existentes da sociedade civil, por meio da realização de convênios celebrados após a realização de chamada pública.

 

O município de Foz vai receber R$ 1.680 milhão e dará uma contrapartida de R$ 840 mil. De acordo com Juca Rodrigues, da Fundação Cultural, “este programa inova porque potencializa iniciativas que já existem e, ao mesmo tempo, permite que as entidades e instituições realizadoras se reconheçam e sejam valorizadas como fazedoras de cultura”.

 

A importância desse projeto é reforçada pelo presidente da Academia de Letras de Foz do Iguaçu, Luiz Henrique Dias, entidade que foi uma das selecionadas. “É uma forma de financiar projetos de cunho social e cultural dentro da cidade. Agora estamos com uma responsabilidade muito maior do nosso trabalho, já que temos um convênio que precisa ser executado”, destaca Luiz Henrique.

 

A Academia de Letras, que realiza o projeto de divulgação da literatura, pretende com o apoio de verbas do governo federal, ampliar o acervo de livros e a abrangência desse trabalho. Isso será feito levando mais escritores e livros até escolas, penitenciárias, asilos e onde mais a literatura possa estar presente.

 

As entidades habilitadas passaram por uma avaliação técnica e de méritos, realizada pela Comissão Tripartite formada por Oscar Augusto Lewin, Délia Gonçalves Bernardino, Martha Diaz Pozueco. Participaram do processo instituições da sociedade civil sem fins lucrativos declaradas de utilidade pública que desenvolvem atividades como música, poesia, teatro, artesanato, dança, literatura e tradições.

 

As selecionadas foram Associação Guatá – Cultura em Movimento – OSCIP, com o projeto “ Tirando de Letra”,-Associação da Companhia de Teatro Amadeus, projeto “Palavras em Cena”; Associação Fraternidade Aliança – AFA, projeto “Sonhar é Viver”; Projeto Aprendendo a Viver, projeto “Projeto Aprendendo a Viver”;Associação Cristã Bem Viver, Projeto “Foz Encena”; PROVOPAR – Ação Solidária de Foz do Iguaçu, projeto “Projeto Dança que Encanta”;ALEFI – Academia de Letras de Foz do Iguaçu, projeto “Uma cidade Literária, levando mundo do livro a todos os cantos de Foz do Iguaçu”; COART – Cooperativa de Artesanato da Região Oeste e Sudoeste do Paraná, projeto “Valorização das referências Culturais Regionais”;Centro de Tradições Gaúcha – CHARRUA, projeto “Eternizando a Cultura”;Grupo de Arte e Cultura Nativa Encontro da Água, projeto “Acordes encontro das águas”.

 

O convênio terá duração de três anos e cada instituição vai receber por ano R$ 60 mil para desenvolver o projeto. Com a publicação nos selecionados no Diário Oficial, cada entidade terá um prazo de 30 dias para apresentar a documentação e assinar o convênio.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz