contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu recebe Jornada Universitária em parceria com MST Durante o mês de abril, 50 universidades brasileiras realizaram o movimento

Durante o mês de abril, 50 universidades brasileiras realizaram o movimento


Por: Leca

Publicado em:

Foz do Iguaçu será uma das cidades a realizar a 1ª Jornada Universitária em defesa à Reforma Agrária, que aconteceu durante todo o mês de abril em 50 universidade espalhadas pelo país. Na cidade, a Unila, IFPR e Unioeste serão as responsáveis pelo movimento.

A jornada é realizada através de atividades acadêmcias, políticas e culturais em apoio à luta dos movimentos sociais do campo brasileiro. As instituições que participam das atividades possuem parceria com o MST (Movimento Sem Terra).

Segundo Maria Cristina Vargas, do setor de educação do MST, a jornada universitária tem como principal objetivo ampliar o debate e o diálogo com a sociedade sobre a importância e a necessidade da Reforma Agrária.

“Ao mesmo tempo em que fazemos as lutas no campo, ocupando terras, prédios públicos, realizando marchas e mobilizações, ampliamos nosso leque de diálogo com a sociedade levando a discussão da Reforma Agrária Popular para o espaço acadêmico”, avalia.

Como lembra Cristina, o MST compreende que apenas será possível realizar a Reforma Agrária com a aliança entre os trabalhadores do campo e os da cidade. 

Ocupar a universidade
– Na mesma linha, a professora da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Cristina Bezerra, acredita que a presença dos movimentos sociais nas universidades é extremamente necessária.

Para ela, trata-se de uma luta para questionar política e socialmente o papel da universidade na sociedade.

“Que tipo de conhecimento ela produz e com que sentido?”, questiona, ao acreditar que o movimento social no espaço acadêmico "tem a potencialidade de fazer com que os muros da universidade se voltem mais para as demandas socialmente referenciadas, necessárias para a população, para o crescimento do país, que legitimem o sentimento de justiça, de encaminhamentos mais voltados à população, não só para os setores dominantes".

Já foram realizadas atividades na Unesp de São José do Rio Preto e Presidente Prudente, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (Esalq/USP), Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), entre diversas outras.

 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz