contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu recebe mais de 100 pesquisadores para discutir o setor florestal Conferência Internacional é inédita na América Latina

Conferência Internacional é inédita na América Latina


Por: Garon Piceli

Publicado em:

Entre os dias 21 e 26 de abril, Foz do Iguaçu (PR) é palco da Conferência Internacional Protected Areas and Place Making – Áreas Protegidas e Qualidade de Vida. Com foco no setor florestal, mais de 100 pesquisadores de todo o mundo discutirão temas como proteção da natureza, turismo em áreas naturais, unidades de conservação e desenvolvimento regional.

Entre os palestrantes está o engenheiro florestal e coordenador de Áreas Protegidas da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, Gustavo Gatti, que destaca a importância deste evento ser realizado no país. “A vocação do Brasil para questões relacionadas às florestas e seus manejos é evidente. As florestas brasileiras são fator de preocupação mundial, logo, o país deve demonstrar que está fazendo uma boa gestão desse patrimônio natural, seja para aspectos de produção florestal, seja para aspectos de conservação da natureza”, explica.

Gatti ministrará palestra no dia 24 abordando a participação do setor privado na conservação da natureza no Brasil. As Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) serão tema da discussão, a partir do estudo de caso da Reserva Natural Salto Morato, localizada em Guaraqueçaba, no litoral do Paraná. “Farei também uma breve análise sobre os passos que considero importantes para aumentar os incentivos da participação privada na conservação, como, por exemplo, mais apoio na fiscalização e patrulhamento das RPPNs, bem como mais apoio técnico para a elaboração de planos de manejo”, comenta o palestrante.

O engenheiro florestal lembra ainda que falará de um recurso que tem se mostrado muito bom: o ICMS Ecológico. “Temos como exemplo a receita do município de Guaraqueçaba que teve um crescimento significativo via ICMS Ecológico arrecado a partir da Reserva Natural Salto Morato”, e conclui: “Isso demonstra a contrapartida das Unidades de Conservação (UCs) em benefício da própria população local”.

Sobre o evento – Serão três dias intensos de seminários, palestras, debates e reunião de trabalho e dois dias de visitas técnicas à Itaipu Binacional, ao Parque Nacional do Iguaçu e ao Parque Nacional Iguazu, este último na Argentina. O evento é destinado a pesquisadores, estudantes, técnicos e outros profissionais de instituições de ensino, órgãos públicos, ONGs, empresas do setor florestal e demais corporações nacionais e internacionais ligadas ao tema. O idioma oficial do evento é o inglês, mas haverá tradução simultânea para o português. Para inscrições acesse http://canjerana.esalq.usp.br/PAPM2013/doku.php?id=registration.

O evento é promovido pelo Departamento de Ciências Florestais da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo (USP). 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz