contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Foz participa de evento sobre Turismo Termal na Espanha Evento acontece entre os dias 24 e 26 de setembro

Evento acontece entre os dias 24 e 26 de setembro


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Foz de Iguaçu vai participar da 15ª Feira Internacional de Turismo Termal, Saúde e Bem Estar – Termatalia 2015, que será realizada de 24 a 26 de setembro, na cidade de Ourense, região da Galícia, na Espanha. A intenção é posicionar a cidade e a região também como destino termal, para diversificar as ofertas turísticas, hoje concentradas principalmente nas Cataratas do Iguaçu e, ainda, na usina hidrelétrica de Itaipu.

A cidade, além de ser o ponto de encontro de dois grandes rios, Iguaçu e Paraná, está assentada no Aquífero Guarani, maior reserva subterrânea de água doce do planeta. As águas do aquífero, ricas em sais minerais e outros elementos, têm propriedades medicinais e terapêuticas, e começam a ser melhor aproveitadas para o desenvolvimento do turismo e bem-estar, especialmente o termalismo.

Muitos hotéis de Foz já apostam nas águas termais para atrair turistas. É o caso do Mabu Thermas Grand Resort, um dos maiores complexos, que conta com uma praia termal de 4.500 metros quadrados, e do Recanto Cataratas Resort & Convention, que tem uma gigantesca piscina termal junto a um bosque protegido, em meio à zona urbana.

Também conta com águas termais o único hotel instalado dentro do Parque Nacional do Iguaçu, o luxuoso Belmond Hotel das Cataratas, que está a poucos minutos de um dos caminhos que levam a uma das paisagens mais deslumbrantes do mundo: as Cataratas do Iguaçu. Como único hotel no lado brasileiro das Cataratas, os hóspedes podem desfrutar de acesso exclusivo às quedas, todas as manhãs e nos finais de tarde, antes ou depois da abertura dos portões do parque para os turistas.

Parque aquático – A 70 quilômetros de Foz do Iguaçu, o Parque Aquático Termal Lago de Itaipu, no município de Itaipulândia, viu nas águas termais a possibilidade de atrair público ao longo de todo o ano, e não apenas no verão. O parque está concluindo a construção de um hotel de 48 quartos (200 leitos) e já iniciou as obras de um condomínio para 600 apartamentos.

No parque aquático, a água é extraída do aquífero a uma vazão de 100 mil litros por hora. Ela sai naturalmente aquecida a uma temperatura de 42 graus, com pH alcalino e abundante em sais minerais. O geólogo brasileiro Fábio Tadeu Lazzerini, vice-presidente da Organização Mundial de Termalismo, diz que as águas termais são importantes para o alívio de doenças como sinusite, reumatismo e problemas respiratórios. Por isso, entre os profissionais que atuam no parque, há também reumatologistas e geriatras.

Produtos termais – Lazzerini já montou um laboratório e criou uma linha de produtos com a marca “Eau Thermale Cataratas”, utilizando as águas termais, para comercializar no hotel, no complexo do parque e também no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu. A comercialização dos produtos é apenas o primeiro passo. Segundo o geólogo, há espaço para muitos empreendimentos, de forma a que se possa desenvolver o marketing do termalismo, tendo como tema “destino das águas”.

O geólogo imagina, também, a possibilidade de estabelecer uma relação entre o turismo religioso e o termalismo, tal como ocorre na Espanha, onde Santiago de Compostela (o Caminho de Santiago) contribui para o turismo termal em Ourense, município a 80 quilômetros de distância (mais ou menos a mesma distância entre Foz do Iguaçu e Itaipulândia).

Caminho Lago de Itaipu – Um dos projetos prevê a criação do Caminho Lago de Itaipu, à margem do reservatório, que vai unir o Cristo Esplendor, no município de Santa Helena, a Nossa Senhora Aparecida, em Itaipulândia. Nas duas cidades, há muitos fiéis que fazem peregrinações. A rota integrará os balneários desses municípios e também Missal, constituindo-se num caminho não apenas religioso, mas de caminhadas, corridas de aventura, cicloturismo, turismo rural e cavalgadas.

Outro caminho poderá ser criado às margens do Parque Nacional do Iguaçu, aproveitando o leito da antiga Estrada Velha de Guarapuava. Ele ligaria Foz do Iguaçu a Céu Azul, Serranópolis do Iguaçu e Cascavel, dentre outras cidades.

 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz