contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Governador autoriza a construção de viaduto na Avenida Paraná Segundo o DER, o viaduto deveria ter sido construído pelo antigo Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER) na década de 1990

Segundo o DER, o viaduto deveria ter sido construído pelo antigo Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER) na década de 1990


Por:

Publicado em:

 

O governador Beto Richa autorizou nesta quinta-feira (20/09) a abertura de licitação para a construção de um viaduto na interseção entre a BR-277 e a Avenida Paraná, uma das principais vias urbanas de Foz do Iguaçu. O investimento do Estado será de R$ 8,2 milhões e prazo máximo para a execução do projeto é de 365 dias. 

 
Richa afirmou que, com o processo autorizado, o edital da concorrência pública para a obra deverá ser publicado até a próxima quarta-feira. “Esta medida atende uma reivindicação antiga da população de Foz do Iguaçu. É um compromisso assumido com o município que estamos cumprindo”, disse o governador. 
 
De acordo com ele, o governo estadual fez um grande esforço para viabilizar a obra. A Avenida Paraná vai ser rebaixada para cruzar a BR-277. Isso deverá resolver o maior gargalo do trânsito local. 
 
Os estudos técnicos do projeto ficaram a cargo do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e foram concluídos no final do mês de agosto. A construção envolve um grande trabalho de terraplanagem, drenagem e pavimentação. 
 
O secretário estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, explica que o governo se empenhou para realizar essa obra, apesar de ser um investimento que não estava previsto no orçamento do Estado. “Com a autorização do governador para a obra vamos trabalhar para finalizar o projeto no menor prazo possível”, informa.
 
Segundo o DER, o viaduto deveria ter sido construído pelo antigo Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER) na década de 1990, antes da concessão do trecho ao Paraná, conforme o convênio assinado na época. 
 
Como não houve a construção da passagem – também faltaram outras obras previstas pelo órgão federal no trajeto entre Foz e Santa Terezinha de Itaipu – as questões jurídicas para determinar as responsabilidades pelo projeto acabaram atrasando toda a execução.  
 

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz