Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Iguaçuense é vice campeão em etapa de campeonato mundial de wakeboard Atleta se prepara para próximas fases do campeonato

Atleta se prepara para próximas fases do campeonato


Por: Leca

Publicado em:

O iguaçuense Ettore Oro Amaral classificou-se em segundo lugar, na categoria Open, na Etapa Brasil do Campeonato Mundial de Wakeboard, disputado no final de semana (3 a 5 de maio) em Nova Lima, Minas Gerais. Ettore foi o único paranaense na disputa.
  

Foto: JIE
Nas águas de Minas Gerais, iguaçuense se destaca.

Essa foi a primeira vez que o iguaçuense participou de um campeonato brasileiro. “Até agora, eu só tinha disputado no Paraguai e na Argentina. No Brasil, o nível dos competidores é muito mais alto”, disse o atleta.
  
Na volta a Foz do Iguaçu, Ettore, que dá aulas de wakeboard nas águas do Lago de Itaipu e no Rio Iguaçu, vai se preparar para as próximas etapas do campeonato no Brasil.
 
Campeonato no lago

Ettore também já vai dar início à organização de uma disputa de wakeboard no Lago de Itaipu, o que deve ocorrer em novembro ou dezembro deste ano. A competição terá o apoio da Itaipu Binacional e do Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu.
  
Segundo Ettore, inicialmente o campeonato será paranaense. Se tudo der certo, Foz se credenciará, no ano seguinte, para sediar uma das etapas do campeonato brasileiro.

O Paraná não está entre os estados onde o wakeboard é mais popular (os “berços” deste esporte são os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Pará, Amazonas e Ceará, além do Distrito Federal). Mesmo assim, há muitos atletas no litoral paranaense e na capital do Estado.
  
Em Foz do Iguaçu, Ettore é hoje praticamente o único a se dedicar à prática do wakeboard como esporte, profissionalmente, e não apenas como lazer. Ele acredita que, com incentivo, é possível atrair mais pessoas para o wakeboard, embora seja considerado um esporte caro, por exigir para a sua prática uma lancha e uma prancha especial.

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz