contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Ciudad del Este

Itaipu Binacional marca presença na Expo Paraguai-Brasil Abertura foi realizada em Assunção, e contou com a participação de ambos diretores-gerais da Hidrelétrica

Abertura foi realizada em Assunção, e contou com a participação de ambos diretores-gerais da Hidrelétrica


Por: Assessoria

Publicado em:

Com a presença do presidente do Paraguai, Horácio Cartes, teve início na última quarta-feira, 14, a 8ª edição da Expo Paraguai-Brasil, o principal encontro de negócios entre ambos os países. A programação também inclui a segunda edição do Fórum Paraguai-Brasil.

A abertura foi realizada no Hotel Sheraton, em Assunção, e contou com a participação dos diretores-gerais da Itaipu, Jorge Samek (Brasil) e James Spalding (Paraguai). Ambos fizeram, nesta quinta-feira à tarde, uma exposição para cerca de 300 empresários sobre as ações desenvolvidas pela Itaipu na geração de energia, responsabilidade socioambiental, desenvolvimento tecnológico e do turismo, na região de fronteira entre os dois países.

Outro ponto abordado pelos diretores é a expectativa da usina de estabelecer um novo recorde mundial de geração de energia, ultrapassando a barreira dos 100 milhões de Megawatts/hora em 2016. “São excelentes resultados que se somam ao bom momento nas relações comerciais entre Brasil e Paraguai”, afirmou Samek. “Participei de todas as edições da Expo Paraguai-Brasil e esta é, sem dúvida, a mais concorrida”.

O evento também conta com a participação de diversas autoridades paraguaias, representantes da Embaixada do Brasil, diretores do Fórum Paraguai-Brasil e da Câmara de Empresas Maquiladoras do Paraguai (Cemap). Maquiladoras são empresas que importam peças e componentes para montar produtos no Paraguai que depois são destinados à exportação. A estratégia tem sido um dos principais motores da economia paraguaia nos últimos anos.

A presidente da Cemap, Carina Daher, deu início à cerimônia de abertura destacando a parceria entre governo e setor privado no país vizinho. “Hoje, se mantém um crescimento de quase 10% ao mês nas exportações de maquila, o que permitirá ultrapassar a cifra de 300 milhões de dólares neste ano”, afirmou Carina, que também agradeceu aos autores da Lei de Maquila, aprovada em 2000, por possibilitar essa mudança positiva no cenário econômico do país vizinho.

Segundo o ministro da Indústria e Comércio, Gustavo Leite, quando o presidente Cartes assumiu o governo havia 46 empresas maquiladoras, das quais 57% eram brasileiras. Hoje são 117 no total e 80% são brasileiras.

De 2013 para cá, as empresas maquiladoras já exportaram 900 milhões de dólares em mercadorias, 200 milhões a mais do que o volume exportado de 2000 a 2013. Nos últimos três anos, o número de postos de trabalho nessas indústrias saltou de 4.700 para 11.700.

“Sim. É possível que o Paraguai se converta em um substituto para a Ásia na América do Sul”, afirmou Leite. “Nosso principal parceiro comercial é o Brasil e temos que seguir na abertura de nossa economia para o mundo, juntamente com o Brasil”, completou o ministro.

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Parceria

Categorias

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana
Logo do ClickFoz