contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Kassab se compromete a analisar reivindicações de Foz Principais são a duplicação da Avenida das Cataratas e um viaduto na Costa e Silva

Principais são a duplicação da Avenida das Cataratas e um viaduto na Costa e Silva


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

 
O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, disse que o governo federal vai analisar tecnicamente as reivindicações de Foz do Iguaçu, mas reconheceu de imediato que as obras “vão atenuar os problemas do município no campo da infraestrutura”, referindo-se à revitalização da Avenida das Cataratas e à construção de um viaduto entre a Avenida Costa e Silva e a BR-277. As reivindicações foram entregues na última sexta-feira, 24, onde o ministro recebeu cerca de 80 prefeitos do Oeste e também de outras regiões do Paraná.

Foto: Codefoz
Cartao foi enfregue pelos representantes iguaçuenses ao ministro Gilberto Kassab

A carta com os pedidos foi encaminhada pelo prefeito Reni Pereira e por representantes do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu – Codefoz, entre eles o presidente da entidade, Roni Temp, e o secretário, Gilmar Piolla. Também participou o deputado estadual Chico Brasileiro. A carta, subscrita por todas as entidades que fazem parte do conselho, informa que os dois projetos contemplam o atendimento às duas principais cadeias produtivas de Foz do Iguaçu – logística e turismo -, identificadas em diagnóstico elaborado pelo próprio Codefoz.

Reni Pereira aproveitou o encontro com Kassab para pedir apoio para os projetos de regularização de assentamentos urbanos em diversas áreas do município. De acordo com o Ministério das Cidades, a regulamentação fundiária trata-se da adequação de áreas ocupadas de forma indevida. Os moradores que se encontram nesta situação vivem com insegurança, por não contarem com um título de propriedade e serviços básicos, como água, energia e saneamento.

Recomendação – Ao receber o documento, o ministro recomendou que os dois projetos, desenvolvidos pelo Fundo Iguaçu, sejam doados para a Prefeitura, que deverá, por sua vez, fazer o encaminhamento para que o Ministério das Cidades possa tomar as providências necessárias. Ele disse, ainda, que o ministério fará uma análise técnica dos projetos, para uma posterior liberação dos recursos. Para o projeto da duplicação da Avenida das Cataratas, a previsão é que sejam necessários R$ 17,5 milhões; para o viaduto, a previsão é de R$ 12 milhões.

Kassab disse, na reunião, que a política do Ministério das Cidades é de que todos os prefeitos serão atendidos, sem necessidade de intermediários. “Não precisa de lobista, não precisa de empresário influente. Aliás, se vocês souberem de alguém que usa destes meios, denunciem. Podem mandar uma denúncia anônima para a minha casa. Temos técnicos qualificados para atender aos prefeitos diretamente”, afirmou.

Importância – O presidente do Codefoz, Roni Temp, destacou que os projetos desenvolvidos pelo Fundo Iguaçu são considerados, de forma unânime por todas as entidades que fazem parte do conselho, fundamentais para garantir o futuro do município, já que vão melhorar a logística de acesso à cidade, no caso do viaduto, especialmente, e melhorar as condições de conforto e segurança para os visitantes, em relação à revitalização da Avenida das Cataratas.

“Um dos maiores desafios de Foz do Iguaçu é resolver gargalos da infraestrutura urbana”, disse o secretário do Codefoz e presidente do Fundo Iguaçu, Gilmar Piolla. “E essas obras são fundamentais. Fazem parte de uma série de projetos, juntamente com a duplicação da BR-469 (Rodovia das Cataratas) e a nova pista do aeroporto, que vão transformar a infraestrutura da cidade”, completou.

“O ministro Kassab sinalizou positivamente com obras e deixou claro que esta sintonia entre os poderes e as entidades de Foz e região é primordial para conquistarmos avanços na área de infraestrutura e mobilidade urbana. E o mais importante: Sem depender de intermediários, ou seja, depende apenas dos nossos esforços”, avaliou Brasileiro.

Ligação vital – De acordo com o documento entregue ao ministro, a Avenida das Cataratas é fundamental para o turismo de Foz do Iguaçu, já que é a principal ligação com o Aeroporto e o Parque Nacional do Iguaçu. Pelo projeto do Fundo Iguaçu, a revitalização seria feita num trecho de 4,2 quilômetros, a partir da esquina das avenidas Paraná e Jorge Shimmelpfeng até o trevo de acesso à Argentina.

O projeto prevê o alargamento e a duplicação das pistas, além da implantação de rotatórias, retornos em nível, faixas elevadas de pedestres, calçadas, ciclovia, paisagismo, iluminação e sinalização. Com isso, haverá “maior segurança e uma imagem positiva ao turista que está conhecendo a cidade”, diz o documento.

Viaduto – A implantação do viaduto da Avenida Costa e Silva, segundo o Codefoz, é “uma medida mais do que necessária para melhorar o acesso à cidade, ampliar a capacidade de tráfego e a segurança dos usuários”. O projeto prevê a readequação da interseção com a Rodovia BR-277, numa extensão aproximada de 700 metros.

A proposta é construir quatro obras de arte especiais, em curva, constituídas em acesso por “terras armadas”, juntamente com a implantação de rotatória alongada sob as obras  de arte projetadas e a interação com as vias marginais existentes, que também serão readequadas.

 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz