contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Lançada Semana de Combate ao Abuso Sexual de Crianças Município quer construir um diagnóstico social para trabalhar de forma mais preventiva nestes casos e diminuir os registros de abuso

Município quer construir um diagnóstico social para trabalhar de forma mais preventiva nestes casos e diminuir os registros de abuso


Por: Assessoria

Publicado em:

O lançamento ocorreu na Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu. Foto: CMFI

Foi lançada na manhã desta quinta-feira (18), na Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu, a Semana Alusiva ao Dia Nacional de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e de adolescentes. O vice-prefeito, Nilton Bobato acompanhou o evento, com a participação de representantes do Município, de instituições ligadas ao atendimento à criança e ao adolescente. A Prefeitura pretende construir um diagnóstico social com parcerias de várias instituições e Conselhos de Direitos, fazendo valer o Plano Municipal de Enfrentamento.

De acordo com o secretário municipal de Assistência Social, Elias Oliveira, esse diagnóstico vai permitir um avanço enquanto poder público na tomada de soluções. “Hoje é um dia de luta, um dia de indignação, de compactuar com uma série de ações e de políticas públicas que enfrentem esse problema na cidade. Nós precisamos fazer o diagnóstico social, o município tem 10 anos de atraso nisso porque há 10 anos foi deliberado na Conferência Estadual e nos ajudará a monitorar diversas situações, como a de abuso sexual à crianças e adolescentes. Deve ser construído por meio de articulação dos serviços, da construção de uma plataforma com sistema que precisa ser alimentado com todos os dados e informações possíveis junto aos Conselhos de Direitos”, disse Elias, reforçando que essa é uma das metas da secretaria de Assistência Social e que já recebeu o apoio do prefeito Chico Brasileiro e do vice Nilton Bobato.

“Já inserimos na LDO do ano que vem, com previsão do cofinanciamento das esferas estadual e federal para construção desse diagnóstico. Nós precisamos saber onde trabalhar, de que forma atender essa demanda e o diagnóstico, o Plano Decenal e o Plano de Enfrentamento são mecanismos que formam uma rede, a rede que pode ser nosso ponto de partida aqui no Município”.

Para o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Sidnei Ribeiro, o abuso e a exploração sexual é um tema complexo, mas que precisa ser pensado em enfrentamento como forma estratégica. “Não devemos mais tratar do problema como forma pontual e sim lançar ações que sejam contínuas ao longo do ano. Em 2017 o CMDCA com REDE PROTEGER quer se debruçar de forma estratégica para este tema, resgatando o Plano Municipal de Enfrentamento à violência sexual que foi construído em 2013. A gente resgata para saber o que foi feito e o que pode ainda ser feito a partir de agora. Vamos reformular para aplicar medidas estratégicas, com segurança, saúde, Conselhos e com ações específicas. A nossa fronteira é vulnerável, temos que ter um olhar com carinho e atenção para isso, assim como para o turismo sexual”, pontua.

Ainda para o presidente do CMDCA, a denúncia ainda é uma das ferramentas mais importantes para se ter acesso ao fato. “É importante denunciar, porque o sistema de garantia de direitos não está presente na hora que ocorre o abuso e a exploração sexual, a gente só te acesso depois de uma denúncia e então a família precisa estar atenta e a sociedade como um todo”, enfatiza.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz