contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Lula diz que ex-presidentes não devem ocupar secretarias na ONU Em tom de despedida, Lula refuta ocupar cargo na ONU

Em tom de despedida, Lula refuta ocupar cargo na ONU


Por:

Publicado em:

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva descartou nesta quinta-feira (17) a possibilidade de concorrer a um cargo na Organização das Nações Unidas (ONU). A informação veio em resposta a uma jornalista em coletiva de imprensa, logo antes de deixar Foz do Iguaçu e a XL Cúpula do Mercosul. Segundo Lula, o cargo de secretário-geral da ONU deve ser exercido por um técnico, e não por um ex-presidente. De manhã, o presidente da Bolívia, Evo Morales, defendeu que Lula ocupasse a Secretaria-Geral das Nações Unidas.

Perguntado sobre a grande diversidade existente entre os países do Mercosul e sobre a possibilidade de a Argentina vir a sobretaxar produtos brasileiros do setor têxtil, Lula respondeu que as diferenças fazem parte do bloco.

“O Mercosul não é um convento, não é um encontro de freiras. Isso aqui é um encontro de chefes de Estado e de países soberanos, que sempre vão ter divergências. Sempre haverá um país com interesse diferente do outro, tentando não prejudicar o outro, mas defender a sua soberania.”

Segundo Lula, isso ocorre também em outros blocos, como a União Europeia. E essa divergência não é um problema para o Mercosul. "Acho que é a razão da existência do Mercosul”, afirmou o presidente. "Foi graças à ousadia do Brasil, da Argentina, do Uruguai e do Paraguai” que esses países puderam “chegar a um nível extraordinário de bom relacionamento político e comercial”.

Foto e vídeo: Augusto Conter – Clickfoz
"Estamos decidindo aqui os dez próximos anos do Mercosul", disse Lula

Para o presidente brasileiro, as relações entre os países do Mercosul são melhores do as relações entre os Estados Unidos e a China, a França e a Alemanha e a Inglaterra e a Irlanda. “Pode ficar certo de que, aqui no Mercosul, somos muito mais unidos e compreensivos e temos muito mais necessidades. Portanto, a divergência faz parte do processo democrático do Mercosul.”
 

Foi a última entrevista dada por Lula como presidente do Mercosul, cargo que passa a ser ocupado agora por Fernando Lugo, predisente do Paraguai. “Deixo a presidência pro tempore do Mercosul satisfeito e deixo a Presidência do Brasil realizado”, afirmou Lula.

Lugo disse esperar que a Venezuela, o Peru, a Bolívia e a Colômbia também se integrem ao Mercosul.

 

$(function(){
// esconde o conteúdo de “saiba mais” que fica no rodape da pagina
$(‘div#contentcolumn .relacionada’).hide();
// armazena o conteudo da div
var contentDivSaibaMais = $(‘div#contentcolumn .relacionada’).html();
$(‘div#contentcolumn .new-div-relacionada’).html(contentDivSaibaMais);
});

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz