Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2018 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Ministério Público faz campanha pelo voto consciente em colégios de Foz do Iguaçu Primeiro passo será o trabalho de conscientização de 1.500 alunos de cinco colégios estaduais indicados pelo Núcleo.

Primeiro passo será o trabalho de conscientização de 1.500 alunos de cinco colégios estaduais indicados pelo Núcleo.


Por:

Publicado em:

Estudantes dos últimos anos do Ensino Médio formam o público-alvo de uma campanha do Ministério Público Estadual (MPE) em Foz do Iguaçu sobre o voto consciente. A ideia é aproveitar a faixa etária entre 16 e 17 anos, em que muitos irão votar pela primeira vez para incentivar a reflexão antes da escolha do candidato. 

A iniciativa é estadual e faz parte do movimento Paraná Sem Corrupção. Em Foz do Iguaçu, o primeiro passo será o trabalho de conscientização de 1.500 alunos de cinco colégios estaduais indicados pelo Núcleo Regional de Educação: Dom Pedro II, Ulisses Guimarães, Barão do Rio Branco, Arnaldo Busato e Flávio Warken.

Para pessoas entre 16 e 17 anos, o voto ainda não é obrigatório, porém muitos já fazem questão de exercer o direito de escolher os seus representantes no município, estado e país. A estudante Larissa Tonet, de 17 anos, por exemplo, só não irá votar nas próximas eleições porque perdeu o prazo para fazer o título de eleitor. “Se não fosse isso votaria sim, porque muitas vezes eu reclamo de coisas na cidade e sem o meu voto não tenho esse ‘direito’ de reclamar”, disse ao Clickfoz. Mas ela também alerta: “Não adianta votar em qualquer um. Tem gente que vota por obrigação”.

Letícia Antonovicz, outra estudante de 17 anos, irá votar pela primeira vez. “Ás vezes não dá vontade de votar com algumas coisas que vejo ou leio sobre candidatos ou relato de pessoas, mas mesmo que eu ainda não tenha encontrado o candidato ideal (se é que ele existe) acredito que cobrar depois da eleição é tão importante quanto o voto”, destacou. “Pelo menos tentei mudar o que eu acho errado”, completou. 

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Categorias

Logo do ClickFoz