Empresas parceiras

Igushuttle - Destino Iguassu - Passaporte Iguassu - IguFoz - Loumar Turismo
Noite Italiana - Hotel Bella Italia - Águas do Iguaçu Hotel - Bogari Hotel - Iguassu City Tour

contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Saúde em Foz do Iguaçu

Ministros da Saúde participam de reunião do Mercosul em Foz Evento foi realizado nesta quinta, 07, no hotel Bourbon

Evento foi realizado nesta quinta, 07, no hotel Bourbon


Por: Assessoria

Publicado em:

Foto: PMFI

Foz do Iguaçu recebeu nesta quinta-feira, 07, a 41ª Reunião de Ministros da Saúde do Mercosul, realizada no Hotel Bourbon. O ministro da Saúde, Ricardo Barros foi quem comandou os trabalhos, ao lado de representantes da Argentina, Paraguai, Uruguai, Venezuela, e dos chamados Estados Associados: Chile, Peru, Equador, Bolívia e Colômbia.

Na ocasião, foram debatidos temas como a saúde sexual e reprodutiva, consumo de álcool, gestão de agrotóxicos, controle epidemiológico, informatização, avanços e desafios do sistema de saúde em cada país. Os ministros apresentaram projetos e propostas de acordo com os temas relacionados e estratégias para controle de doenças crônicas e infectocontagiosas. 

Durante o encontro, o prefeito Chico Brasileiro citou os avanços obtidos com a nova gestão administrativa e os desafios enfrentados em uma região de fronteira. “Temos ações exitosas, como o trabalho de combate a dengue, o controle do HIV e a redução dos índices de mortalidade materna e infantil. Mas vivemos em uma fronteira com mais de 1 milhão de habitantes em um raio de 60 quilômetros. É sem duvida, a fronteira mais importante e mais populosa do MERCOSUL. Onde temos essa circulação de pessoas, temos que ter estratégias de vigilância e saúde, e ações conjuntas para que possamos evitar a entrada de doenças nos nossos países. Merecemos uma atenção especial”, comentou. 

Logo após a reunião geral com ministros, grupos de trabalho foram formados para debater questões específicas, como o combate a dengue, a leishmaniose, atendimento de urgência e emergência, entre outros. 

Grupo de Trabalho 

Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai discutiram a criação de uma legislação específica de fronteira que atenda as diversas necessidades, como por exemplo, a transferência de material biológico entre os países de fronteira, que hoje é proibido. O prefeito Chico Brasileiro também citou a necessidade de se criar uma regulação no sistema de urgência e emergência entre Brasil, Paraguai e Argentina. “Precisamos criar um centro de regulação para manter uma comunicação permanente entre os três países. Hoje recebemos ambulâncias de outros países no Hospital Municipal sem qualquer aviso prévio”, explicou Chico. Além dos representantes de cada país, participaram da reunião membros do GT Saúde da Itaipu Binacional.

Ricardo Barros e demais representantes do Ministério da Saúde elogiaram as propostas apresentadas e se comprometeram em debater a criação de uma legislação específica para a fronteira. Uma nova reunião foi marcada para o final de janeiro. 

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz