contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Novos diretores do PTI assinam termo de posse Cerimônia oficial será realizada no dia 02 de junho

Cerimônia oficial será realizada no dia 02 de junho


Por: Assessoria

Publicado em:

Foto: Kiko Sierich

O novo diretor superintendente da Fundação Parque Tecnológico Itaipu (Fundação PTI), Ramiro Wahrhaftig, e o novo diretor administrativo-financeiro, João Biral Junior, assinaram nesta quarta-feira, 17, no Auditório Milton Santos, no PTI, o termo de posse. A assinatura ocorreu seis dias depois de serem eleitos pelo Conselho.  A diretoria de Itaipu participou da solenidade. A cerimônia oficial de posse dos novos diretores está marcada para 02 de junho.

Wahrhaftig reforçou a importância da parceria de Itaipu como mantenedora da instituição nos projetos de pesquisa, ciência e tecnologia da instituição. A diretoria de Itaipu se comprometeu  a manter o apoio.

O então diretor superintendente da Fundação PTI, Juan Carlos Sotuyo, que participou da implantação do parque, em 2003, e ficou 14 anos à frente da instituição; e o então diretor administrativo-financeiro, Valdir Antonio Ferreira, se despediram agradecendo a equipe. Ambos se colocaram à disposição da nova diretoria. O diretor técnico da Fundação, Claudio Isssamy Osako, permanece no cargo. A Fundação PTI é a instituição responsável pela manutenção do parque, onde estão instalados universidades, empresas incubadas, laboratórios de pesquisa e diversas ações e projetos voltados ao desenvolvimento da região Oeste do Paraná.

O novo diretor superintendente reforçou a importância do apoio de Itaipu para o desenvolvimento das ações do PTI. “Nós, que trabalhamos com ciência e tecnologia no País há muitos anos, sabemos que instituições como o PTI, sem o apoio da mantenedora, dificilmente atingem os objetivos que têm que atingir”, comentou. “Na área de desenvolvimento científico-tecnológico não há estruturas autossustentáveis. Isso porque o investimento em tecnologia exige recursos de médio-longo prazo, e são autossustentáveis aquelas que trabalham com atividades remuneradas a curto prazo”, explicou.

Wahrhaftig garantiu o compromisso com o PTI, com a Itaipu e com o desenvolvimento sustentável da região. “É isso o que a Itaipu vem fazendo há alguns anos e já se transformou em um exemplo global”, finalizou.

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio

Parceria

Anúncio

Assine

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Categorias

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana
Logo do ClickFoz