contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

O baile foi muito além das quatro linhas


Por: Lauane de Melo

Publicado em:

Hoje, é claro, não se fala em outra coisa. Para onde olhamos, nos deparamos com o assunto do dia: a derrota da seleção brasileira, ou melhor, o vexame, fora o baile.

Sério, a sensação é horrivelmente indescritível. Nem o torcedor mais pessimista de todos os tempos conseguiria acertar ou sequer imaginar um placar destes. 

Sabíamos que o time adversário era superior. Entretanto, acreditei que pelo simples fato de disputarmos uma Copa do Mundo em casa, já seria o suficiente para fazer com que os jogadores se doassem por inteiro durante os 90 minutos.

Ao contrário disso, vi uma equipe apática, sem reação, sem força, sem animo e mega perdida dentro de campo. O futebol é um esporte coletivo e, portanto, infelizmente, o esforço de poucos que ainda tentaram reagir foi ofuscado por uma metralhadora alemã que transformou o sonho em um terrível pesadelo. 

Sabe quando você não quer acreditar, fica chocado e estarrecido? Sim, a minha reação foi à mesma da seleção. A diferença é que eles assistiram a Alemanha jogar de um lugar privilegiado e eu, na casa de amigos.

Mas, mesmo perante a esta vergonha mundial e histórica, o que mais me deixa chateada e preocupada é o que acontece fora das quatro linhas. Ontem durante a partida, por exemplo, um torcedor da Alemanha estava comemorando um gol no Mineirão, levou um soco no ouvido e perdeu a audição. 

São atitudes como estas de alguns “brasileiros”, que me deixa com vergonha e revoltada. Isso é deprimente. Depois, a galera vem me perguntar por que eu brinco na internet se “da pra trocar a nacionalidade do RG”. 

Sei como gostamos de futebol, mas, nada justifica atitudes trogloditas como esta. Assim como vocês, estou extramente triste com a derrota. Mas há de separar o que é esporte, o que é seleção e o que é a nação brasileira. 

Você não pode deixar de ser patriota porque a seleção foi massacrada dentro de campo. Patriotismo não é isso. Ser patriota é ter um “sentimento de amor e devoção pelo país ao qual você pertence, além de seus símbolos (bandeira, hino, brasão, vultos, históricos, riquezas naturais e patrimônio material e imaterial”).

Por isso, por favor: sejam patriotas e não fanáticos. Afinal, em meio a toda esta confusão, o resultado de ontem acabou sendo o menor de nossos problemas.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz