contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

O jeito torto de ser cidadão As fotos foram enviadas por leitores da coluna, nas últimas duas semanas

As fotos foram enviadas por leitores da coluna, nas últimas duas semanas


Por: Garon Piceli

Publicado em:

 

Amigo leitor, já fizemos, aqui, algumas vezes, discussões sobre os abusos cometidos – mesmo de forma “involuntária” – por cidadãos iguaçuenses. Já abordamos a cara-de-pau dos motoristas de ônibus, a cara-de-pau dos donos de estabelecimentos comerciais que fecham vagas de estacionamento com cones, a cara-de-pau de gente que julga ser a calçada uma extensão de sua casa, e tantas outras caras-de-pau que, além de prejudicar nossa vida como moradores, afrontam a vida e sociedade e até o limite público-privado do espaço urbano.

Assim, vou trazer hoje, sem fazer julgamento, mas, apenas, para fins de reflexão do nobre leitor, quatro situações, infelizmente, comuns, em nossa cidade. As fotos foram enviadas por leitores da coluna, nas últimas duas semanas.

Caso 1 – Banco de trás pra que?

A foto acima foi tirada na Avenida Mário Filho, região do Morumbi, mostra, à luz do dia, o descaso criminoso de um cidadão que trafega com crianças penduradas na janela do veículo. Isto é muito cotidiano, principalmente nos bairros de Foz.

Caso 2 – Faixa de Segurança pra quem?

A foto que ilustra este caso relata o drama de quem tentou atravessar, dia desses, essa faixa de pedestres na Rua Almirante Barroso, em frente a um colégio. Essa cena é comum e pode ser fotografada diariamente, em diversos pontos da cidade

Caso 3 – Postes e placas: a quem servem?

As rádios de Foz, em sua grande maioria, tem o costume de fazer suas “blitz” e, para isso, usam-se da artimanha de pendurar seus banners em postes e placas de sinalização, o que pode atrapalhar a comunicação visual da cidade, em especial a sinalização de trânsito. Nesta foto, tirada na Avenida Brasil, vemos um exemplo claro.
 

 

Caso 4 – Pirataria liberada em todos os lugares?

Para encerrar, esta foto, tirada dentro de um dos pontos de atendimento do FozTrans, mostra algo um tanto curioso: a venda de CDs piratas. O que pode parecer comum a muitos, pois diariamente vemos esses vendedores pelas ruas, torna-se estranho, principalmente dentro de um órgão público.
 


 

Como disse antes, deixo o juízo de cada cena ao nobre leitor.

E uma boa semana a todos!

 


 

 * Luiz Henrique Dias é dramaturgo e recebe, diariamente, raridades urbanas, como as fotos publicadas nesta coluna. Siga ele no Twitter: @LuizHDias

 

 

  A opinião emitida nesta coluna não representa necessariamente o posicionamento deste veículo de comunicação

 

 

 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz