contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

O retorno dos que não foram


Por:

Publicado em:

Astros mirins têm um grande peso nas costas a carregar. Por terem sido conhecidos desde muito jovens – em fase de formação e transformação de comportamento, ideologias e caráter – tendem a chocar a sociedade que cristalizou uma imagem pueril deles.

Foi assim com Sandy & Junior, nomes tão repetidos na última década lado a lado que configuram quase que uma entidade indivisível: ser único e eternamente imaculado no pensamento coletivo. Quase que desfigurados de humanidade, algo perto de um produto indelével com certificado de garantia dos “pais” Chitãozinho & Xororó.

O tempo passa e a separação e o amadurecimento renderam uma bela, sexy e talentosa cantora pop, predominantemente acústica e intimista, e um baterista (também talentoso) sofrendo resistência para se firmar no mundo do pop rock.

Para nós brasileiros que acompanhamos o crescimento da dupla, que raramente ficou longe dos holofotes, nem é lá tão chocante assim a nova imagem que eles defendem. Mas… e  se eles tivessem sumido e voltado? Aposto que a reação seria algo como “não era ontem que eles eram dois pequenos cantores caretas”?!

Falo daqueles famosos One Hit Wonders, termo que define cantores/bandas que surgiram em rápida ascensão e declínio. Algo próximo de um BBB que saiu nas primeiras fases, ou seja, de estrela para só mais um que teve 15 minutos de fama.

E quando um deles ressurge do nada?

JORDY! O leitor com mais de vinte anos lembra muito bem dele. O divertido e simpático garotinho loiro cantava palavras indecifráveis, mas que eram prontamente balbuciadas em coro por uma tropa de brasileiros que não faziam ideia do que as canções estavam falando. Adesão calorosa que ocorreu muito devido à presença certa do jovem talento em programas televisivos de audiência massiva, como o Domingão do Faustão e o Domingo Legal.

Pois é, a criaturinha está viva, e não é mais o mesmo. O cantor que sustenta o recorde no Livro Guinness de artista mais jovem a ter um single em primeiro lugar de vendas já lançou até biografia – Je ne suis plus un bébé ("Não sou mais um bebê", 2006) –  e hoje é um adulto. Ao contrário de Justin Timberlake e Britney Spears (que também começaram como artistas mirins atuando no programa de TV Clube do Mickey) o prodígio não enveredou seu talento para a música pop. Como tudo passa, o outrora astro pop mirim hoje é um jovem rockeiro! Tem uma banda indie rock e, surpresa, muito da boa: Jordy and The Dixies!

O som é meio vintage, punk e garage. Mais uma vez, letras todas em francês! O som bebe na fonte de artistas como The Libertines, The Hives e Velvet Underground. Essencialmente visceral e rápido. Agora chega de blá, blá e blá. Aposto que já deu o play ali em cima. Mas, como já diria o grande Silvio Santos "eu só acredito vendo" vamos ao que importa, som no talo e deixo vocês com Jordy and The Dixies:

 

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Assine

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Anúncio da revista D!VA
Logo do ClickFoz