contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

ONG Aprendendo a Viver pede ajuda para continuar atendendo a comunidade Mais de 300 crianças que realizam aulas de música e dança poderão deixar de ser atendidas caso a instituição não conseguir recursos

Mais de 300 crianças que realizam aulas de música e dança poderão deixar de ser atendidas caso a instituição não conseguir recursos


Por:

Publicado em:

A ONG Aprendendo a Viver já existe há oito anos e atende, atualmente, mais de 300 crianças da região do grande Três Lagoas. Com trabalho voluntário, ajuda da comunidade e um espaço cedido pela igreja, a presidente Telma Cherman conseguiu tocar o projeto por todo esse tempo com pouco ou nenhum apoio do poder público. Porém agora ela está com dificuldades e teme ter que encerrar o projeto.
 

Foto: Rafael Guimarães/ Clickfoz
A ONG tem aulas de ballet, violão e teclado, já teve Street Danece, mas hoje não tem mais recursos para manter o professor

Telma conta que para manter a ONG ela promove eventos com o apoio da comunidade, festas, jantas, bingos e outras atividades para arrecadação de fundos. Por dois anos a ONG recebeu apoio do Provopar, e já tentou uma parceria com a prefeitura há alguns anos, mas não conseguiu.

 
Telma pede ajuda da comunidade e de empresários que queiram ajudá-la a manter o projeto

Agora Telma pede ajuda da comunidade e de empresários que queiram ajudá-la a manter o projeto. Segundo ela, a Aprendendo a Viver deu uma nova perspectiva de vida às crianças da região. “Hoje a gente já vê muitas crianças que saíram daqui montando banda, indo pra aula de ballet profissional, eles ganharam um novo rumo na vida”. 

No decorrer dos oito anos, a ONG mudou o curso da vida de muitas crianças que hoje já são adultos com outras oportunidades. A atual professora do ballet na turma da manhã foi aluna do projeto e agora trabalha com a dança. Outras crianças já alimentam sonhos de se tornarem grandes bailarinas.

De acordo com Zelândia Silveira, mãe de duas alunas, hoje as filhas dela tem uma oportunidade que ela não poderiam se ela tivesse que matriculá-las em escola de dança particular. “Uma tem 12 anos e já estuda aqui há seis, a outra tem oito e está aqui há dois. A mais velha já decidiu que quer ser bailarina, o que nós pudermos vamos fazer pra ela realizar esse sonho”, conta.

Para Claudete Duarte que tem uma filha matriculada no ballet há seis meses, ela já nota a diferença. “Hoje ela conversa mais, está mais disposta, está indo melhor na escola, essas aulas estão ajudando muito”.

A Ong Aprendendo a Viver funciona na igreja católica do bairro Três Lagoas, quem se interessou em conhecer um pouco mais do projeto pode entrar em contato com a presidenta Telma Cherman pelo telefone (45) 9927-7555.

Recomendado para você

Anúncio

Rodízio de massas - Noite Italiana

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Categorias

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Assine

Logo do ClickFoz