contato@clickfozdoiguacu.com.br

(45) 3521-4041

Rua Venanti Otremba, 772. Sala 1.

CEP 85852-020 - Foz do Iguaçu

Paraná - Brasil

© Copyright - 2017 Foznet Soluções Digitais - Todos os direitos reservados.

Anúncio

Foz do Iguaçu

Os X Games e Foz do Iguaçu Colunista Washington Sena comenta sobre as oportunidades que a gestão pública pode tirar do evento

Colunista Washington Sena comenta sobre as oportunidades que a gestão pública pode tirar do evento


Por: Garon Piceli

Publicado em:



PRIORIDADE
Gestor público, às vezes, tem de ter coragem para dizer certas coisas. Nesse ponto o Secretário da Saúde de Foz, Odair José Silveira, ganhou o meu respeito, no último sábado. Questionado, no programa Realidade (Rádio Cultura – AM820), sobre uma possível aceleração nas providências da Saúde em virtude da realização dos X Games, Silveira foi categórico. Não usarei aspas para não correr o risco de distorcer tão sábias palavras, mas o que ele disse é que a Saúde de Foz não pode ser pautada por um evento passageiro. Para ele, as ações da administração pública devem contemplar o povo de Foz do Iguaçu, que depende da saúde sempre e todo dia. É para um regular funcionamento da saúde que o trabalho está sendo feito. Quase foi aplaudido em pleno estúdio.

CONSCIÊNCIA
O glamour de eventos como os X Games, muitas vezes ofusca (e até cega) o gestor. O evento vai passar (e rápido), o retorno vai vir com o tempo, mas os problemas nem vão dar trégua durante os Jogos. Se não houver gestão de contingência, periga o caos se instalar durante o próprio evento. Se houver uma gestão visando o pleno funcionamento da Saúde para atender os cidadãos de Foz, consequentemente os visitantes também gozarão de um atendimento de excelência. Foi isso que captei da fala do Secretário. E acho que se estende a outros setores da administração, também. Os Jogos passam…

EXEMPLO
Como dizia Chico Buarque na velha canção: “mirem-se no exemplo (…) de Atenas”. A realização de uma Olimpíada para camuflar uma crise e tentar alavancar o desenvolvimento, endividou a Grécia e contribuiu para o caos econômico no país. Criticamos o Brasil pelo que vem fazendo no caso da Copa e das Olimpíadas, mas às vezes vejo segmentos da sociedade pressionando demais o prefeito Reni Pereira em razão dos X Games. Para uma longa caminhada é preciso estar muito bem calçado…

HOSPITAL
Voltando a falar no trabalho do secretário Odair José (que está mais para carregador de piano do que para cantor), ele esteve com Reni em Curitiba, em audiência com o Secretário de Estado da Saúde, Michelle Caputo Neto. O objetivo era buscar apoio do Estado para resolver o problema do Hospital Municipal de Foz. Ouviram que o Governo não pode assumir o problema, mas voltaram com algumas definições sobre os rumos do Germano Lauck.

FUNDAÇÃO
A opção apontada é que o hospital seja conduzido por uma fundação, que faria contrato de gestão com o Município, observando as permissões legais. Porém, há a necessidade do aditamento do prazo estipulado pelo Ministério Público. No mínimo, pede-se que seja mantido o prazo estipulado no TAC (Termo de Ajuste de Conduta), que é até setembro. O Governo do Estado vai entrar nessa luta, buscando auxiliar nas tratativas com o MP.

GRANA
Segundo informações que obtive, para se manter o hospital iguaçuense com certa tranquilidade, são necessários cerca de R$ 4 milhões mensais. Para chegar nesse valor, Odair e Reni lutam para melhorar os repasses vindos dos governos Estadual e Federal. O Estado já acenou que, após concluída essa transição administrativa será possível designar mais recursos. Quanto ao Governo Federal, o Município dará duas opções: ou ampliam-se os recursos ou reduzem-se os Cartões SUS emitidos em Foz. O objetivo é compensar o elevado número de atendimentos de pacientes vindos do Paraguai.

META BATIDA
O prefeito de Santa Terezinha de Itaipu, Cláudio Eberhard, anunciou que vai construir 403 casas populares, num projeto social que envolve os governos Federal e Estadual e que não terá nenhum custo aos cofres do município. Com esse projeto, Cláudio não só cumpre uma das principais promessas de campanha, como supera em muito a meta estabelecida. Como prometeu construir 200 casas nesse mandato, Cláudio simplesmente dobrou a meta e pode resolver toda a demanda do município para as famílias com renda de até três salários mínimos. As obras devem começar brevemente…

ENTROSAMENTO
Durante o anúncio da construção das casas, Cláudio destacou o bom relacionamento que vem desenvolvendo com a Câmara de Vereadores nessa gestão, a sua terceira como Prefeito. Ele elogiou o grupo e disse que as discussões têm sido de alto nível e ajudado a construir coisas importantes para a cidade. A própria viabilização do novo loteamento teve de passar pela Câmara. Para que Cláudio pudesse anunciar as obras, o Legislativo teve de mudar a Lei, a fim de alterar as normas construtivas no perímetro urbano.

FESTA GARANTIDA
A sessão de quinta-feira passada foi a primeira de Valter "Galo" Larssen como presidente da Câmara. E ele já chegou em grande estilo. Durante a reunião, ele anunciou uma doação de R$ 50 mil em favor da realização da Fespop 2013. O valor vai garantir o evento e corresponde a parte do valor economizado pelo Legislativo no primeiro trimestre do ano. Estima-se que, esse ano a Câmara tenha poupado quase R$ 150 mil do valor legal repassado pelo Município. A meta é economizar cerca de R$ 500 mil em 2013, superando os mais de R$ 350 mil salvos por Claudeir Costa (ex-presidente) no ano passado.

COM A BOLA TODA
Rêmulo Ramalho, Secretário de Esportes de Santa Terezinha está com a bola toda. Essa semana, ele apresentou o material esportivo enviado pela Secretaria de Esportes do Paraná (SEES), comandada por Evandro Rogério Roman. Ao todo, são mais de 400 bolas de vôlei, futebol, futsal e handebol. Além disso, Rêmulo recebeu medalhas e coletes de treinamentos. Ao todo, cerca de R$ 45 mil deixarão de sair dos cofres da Prefeitura, como o aproveitamento do material vindo da SEES. E veio em boa hora, já que o estoque estava zerado e as atividades em risco. Agora, o município corre atrás de verba para recuperar os ginásios, que estão em situação lastimável.

INGRESSOS ZERADOS
Algumas modalidades dos X Games já estão com os ingressos zerados. Quem tenta comprar ingresso para a Megarrampa e Skate Vertical fica a ver navios; não tem nem para remédio. A mudança de local – da Itaipu para o Centro de Convenções – reduziu a oferta em algumas das competições, o que está causando o transtorno. Na Skate Vertical, não há o que fazer, mas vou "bater um bizu" para quem quiser ver a Megarrampa. É só comprar ingresso da X Fest para o dia 18 (quinta), escolhendo um setor que dá acesso à rampa. Não espalhem, mas fica até mais barato. Quem tiver a fim, é só ligar na Loumar Turismo (45 3521-4000), mas não pode dizer que eu falei nada, hein…

DERBY
Que infelicidade a data na qual caiu a realização do primeiro derby entre Foz Futsal e Foz Cataratas. Na tabela da Série Ouro, o jogo está marcado para o dia 20 de abril, justamente quando a cidade vai estar recebendo os X Games. O mando e jogo é do Foz Cataratas, que vem promovendo muito bem os jogos que disputa no Costa Cavalcanti. O público tem sido melhor do que o do Alviverde…

BOM TRABALHO
Aliás, devo parabenizar o trabalho de comunicação e promoção feito pelo Foz Cataratas. Nilton Rolim capricha nas fotos durante os jogos, e transforma o Facebook da equipe numa verdadeira coluna social do esporte. Além disso, eles divulgam bem a partida e estão levando alunos de escolas da cidade para ver os jogos, de graça. O time pode estar atrás na tabela, mas na promoção está ganhando com folga do Foz Futsal. Acorda, Alviverde…

FALE COM O SENA
Esta coluna mantém um canal direto com o colunista Washington Sena. É o “sena@jogodesena.com.br”. Pode mandar elogios, reclamações, sugestões, críticas. Fique à vontade.

Até mais!
Deixa Deus comandar o teu time no jogo da vida e seja um vencedor, sempre…
WASHINGTON SENA

Recomendado para você

Anúncio

Anúncio da revista D!VA

Anúncio

Anúncio

City Tour Foz do Iguaçu

Anúncio

Categorias

Assine

Logo do ClickFoz